Minha Casa, Meu Container | Quartos

Depois de mostrar como nosso cafofo é por fora, e de te dar um gostinho de como ele é por dentro, chegou a hora de revelar o melhor lugar da casa, ou ao menos, aquele em que a gente passa a maior parte do tempo, mesmo que só dormindo. 😜

Há bem pouco tempo, a família Remobília dividia o mesmo quarto, apertados mas ainda sim felizes, já que quando nos mudamos, somente o térreo estava “finalizado”. A abertura para a escada e a montagem do nosso quarto junto do terraço, no primeiro andar, ficou para uma outra hora, quando o momento e a grana fossem propícios.

Levou um tempinho, cerca de 2 anos, pra isso acontecer, mas como vocês já devem ter visto em postagens anteriores, finalmente temos um cantinho só nosso, e o Arthur tem agora muito mais espaço para as suas traquinagens, em um quarto só dele também.

As coisas demoraram um pouquinho a mais do que o esperado, sobretudo pelo desafio de achar um modelo de escada com um preço acessível, que ocupasse pouco espaço, e não comprometesse a circulação em nenhum dos ambiente.

Depois de muito pesquisar, acabamos escolhendo uma Santos Dumont de madeira que veio do Paraná, com um preço muito mais em conta do que qualquer um dos modelos encontrados aqui em São Paulo.

Assim sendo, sem comprometer o espaço do ambiente com a escada, foi possível criar vários cantinhos especiais para o Arthur brincar.

Cama e guarda-roupa já eram uma coisa só, daquele jeitinho que mostramos para você nesse post aqui. Agora o cantinho para os brinquedos e a mesinha de atividade é bem maior que antes e de sobra deu pra criar um espaço pra desenhar, com adesivo de lousa, e um cantinho de leitura, aproveitando a área embaixo da escada.

Minha-casa-Meu-Container-Blog-Remobilia-Quartos

No banheiro pouca coisa mudou, além da cuba que agora não é mais aquela de fuxico, mas sim uma outra saladeira colorida com tinta spray 😃

SAMSUNG CAMERA PICTURES

Enfim, chegou a hora de mostrar todos os detalhes no nosso quarto recém finalizado.

Pra quem segue a gente lá no Instagram a montagem do nosso quarto começou logo no finalzinho do ano. Todo o passo a passo da montagem com drywall, assentamento de piso e pintura, demorou cerca de 1 mês e meio para ficar pronto, contando que no caminho eu quebrei meu braço, e as coisas andaram um pouco mais devagar até eu me recuperar.

SAMSUNG CAMERA PICTURES

Quanto a decoração, depois que eu instalei cortinas azuis, cheias de passarinhos, na nossa sala, o Vinícius viu que ele tinha perdido completamente o controle do frufru por aqui, então eu prometi que no quarto poderíamos trabalhar com uma paleta mais “Homens da Casa”, assim a combinação de vermelho, amarelo e turquesa deu lugar a uma paleta de amarelo, cinza e preto.

Como vocês já devem ter percebido, nesse quarto não tem guarda-roupa. No lugar dele, um aparador e uma estante do Meu Móvel de Madeira, fazem esse papel, assim, além de lindos, eles ocupam pouquíssimo espaço, o mais importante de tudo por aqui, pra completar, dentro da cama baú nós guardamos roupas de cama e cobertores.

Mas o detalhe que mais amo nessa parte da casa, além da moldura cabeceira adesivada você viu como fazer aqui, é dupla de cadeirinhas de lata que eu reformei, com passo a passo, e transforme em criado-mudo.

SAMSUNG CAMERA PICTURES

Pois bem, depois de ver tudo o que a gente fez em tão poucos metros quadrados, resta dizer quanto nós gastamos com tudo no final das contas. Então aí vai uma listinha pra vocês, contando nossos maiores gastos para chegar no que hoje é o nosso sobradinho amado.

Térreo (home office, sala, cozinha, quarto e banheiro)

  • Drywall: R$ 3,500.
  • Piso, revestimentos e assentamento: R$ 1,800
  • Hidráulica: R$ 600,00
  • Elétrica: R$ 600,00
  • Pintura: R$ 1.200,00
  • Acabamento Portas e janelas: R$ 750,00

Total: R$ 8.450,00

Primeiro Andar (quarto casal)

  • Drywall: R$ 2.300,00
  • Piso e assentamento: R$ 700,00
  • Elétrica: R$ 300,00
  • Pintura: R$150,00
  • Vidros: R$ 350,00
  • Escada R$ 1.600,00.
  • Guarda-Corpo R$ 600,00

Total: R$ 6.000,00

Terraço

  • Estrutura: R$ 1.300,00
  • Painel Wall Eternit: R$ 1.500,00

Total: R$ 2.800,00

Sendo assim somando os R$ 17,000 da estrutura com os aproximadamente R$ R$ 17,300.00 de acabamento, nós gastamos aproximadamente R$ 34,250,00 para montar o nosso sobradinho. Lembrando que muita coisa foi a gente mesmo que fez, como montagem de drywall, elétrica, hidráulica e pintura, por exemplo. Isso fez com que o gasto com mão de obra fosse bem mais baixo do que seria normalmente. Além de que muitas coisas foram compradas em demolidoras, ao invés de lojas de construção, como portas e janelas.

No momento estamos trabalhando em uma proposta voltada justamente pra quem quer se aventurar nesse negócio de casa contêiner, mas não sabe nem por onde começar, vamos mostrar o caminho das pedras, pontos negativos, pontos positivos e tudo que você precisa saber antes de botar a mão na massa. Logo eu volto com novas notícias sobre o assunto pra vocês, Beijos! 😘

  11Comments

  1. Val   •  

    Sensacional, Patrícia. Sua casa é uma nascente de ideias lindas e criativas, que encantam. São tantos os detalhes charmosos e diferentes que fica difícil dizer qual me encheu mais as medidas! bj

  2. Paula   •  

    Muito feliz que uma amiga descobriu seu blog e me indicou. Estou querendo fazer minha casa de container, mas não conheço ninguém que tenha ima e fico justamente pensando nos pontos positivos e negativos. Esperando ansiosa pelos próximos posts no tema enqto leio todos desde o início 😉

    • patriciamelo   •     Author

      Oi Paula, que bom que você gostou, estamos trabalhando pra tirar esse outro proejto do papel em breve e ajudar a todo mundo que quer se aventurar pelas casas contêineres! Beijos!

  3. Jorge Willian   •  

    Olá!
    Demais a casa de vocês! Eu também estou procurando ideias para projetar uma casa container. Como já vi, existe uma grande dificuldade em encontrar pessoas qualificadas (ou dispostas) para esse estilo de construção. Mas espero que consigam tirar as pedras do caminho. Deve ser uma satisfação e tanta ver algo assim realizado!
    Abraço e aguardando novas notícias do projeto de vocês.
    Jorge Willian [dê] Interiores

  4. Charlleston   •  

    Parabéns, eu tenho a mesma vontade, mas quero baixar ainda mais custo, futuramente mando fotos de como ficou o meu. Tive algumas ideias vendo o seu. Muito obrigado por compartilhar isso.

  5. Donizete Correa   •  

    ola Patricia, muito legal seus post, eu, minha esposa e filhos também estamos com a ideia de morar em uma residência containers, somos cinco o projeto vai ficar grande rs! Já bolamos um esboço bacana, o que pega são as duvidas de marinheiros de primeira viagem! Não querendo abusar da experiência de sua família gostaria de saber como fica o conforto térmico, penso que esta é uma interrogação de que vai optar por morar em um container!

    • Decio Salioni   •  

      Oi Patrícia
      Gostei de seus comentários
      Onde se faz as coisas com amor, normalmente fica mais gostosa.
      Estou estudando pra fazer um projeto com alguns chalés de containers
      Sua opinião vale muito.
      Como ficou o conforto interno?
      Você que está usando.

  6. Joyce   •  

    Eu estou perdidamente apaixonada por sua casa s2
    Parabéns eh de muito bom gosto e amor pra todo lado Rs

  7. sibeli   •  

    Não consigo ver as fotos com esse pin it…. foi pelo pinterest que achei vcs…poderiam tirar, muito desespero, no demais tudo lindo

  8. Elenita Kuster   •  

    Oi Patricia!
    E ai? como está a casinha container? que bacana. Estou apaixonada por essas construções. De tanto ver coisas na internet, cheguei em vc! E uma pergunta: estou por construir em uma praia do Nordeste. Será que rola um container em praia?

    abraço e parabéns pela “minha casa meu container”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *