Mesinha de Carretel 3D de Papel!!

E seguimos com o desafio dos projetos com bobinas. Este é um modelo de mesinha de apoio, inspirado nos Garden Seat, a nova sensação da decoração. Confesso que sempre quis ter um em casa, mas não encontrava lugar para colocá-lo, e como o preço não é dos mais em conta, acabei deixando a ideia em stand by.

Pensando em referências para criar um outro projeto com bobinas, as inspirações de horas de Pinterest se uniram na minha cabeça e da junção do Garden Seat e de umas dobraduras com desenhos geométricos para fazer vasinhos, surgiu o nosso segundo projeto com bobinas. Acompanhe o passo a passo então.

Materiais:

  • 02 bobinas pequenas
  • Parafusos pequenos
  • Tesoura
  • Fita dupla face
  • Lápis e régua
  • Papel colorido (pode ser colorplus, cartolina)
  • Tinta (acrílica ou pva)
  • Tampo de espelho
  • 04 Rodinhas de silicone

O processo de preparo das bobinas é o mesmo do passo-a-passo anterior, faça a pintura da cor de sua preferência, aguarde secar e parafuse as bases unindo as duas bobinas, de preferência parafuse em 04 pontos para dar mais resistência a peça.

Em seguida parafuse as rodinhas para facilitar o manuseamento das bobinas quando for colocar o papel em volta.

Para fazer a dobradura usei uma inspiração do Pinterest que vou compartilhar com vocês. Existem outros modelos, alguns bem mais complexos, mas achei que este seria ideal para a mesinha.

No maior comprimento da folha para dobradura, faça linhas horizontais, lembrando que o espaçamento entre elas é você que define, pois isso irá interferir na quantidade de dobras e detalhes que sua peça terá. Neste caso usei um espaçamento de 10cm. Após fazer as linhas horizontais na folha inteira, faça linhas na diagonal, usei um espaçamento de 20cm, formando triângulos. Com os traços finalizados, é hora de começar a dobrar. Dobre as linhas diagonais para o lado onde a folha foi riscada. Faça isso nos dois sentidos. Em seguida vire a folha e faça as dobras horizontais. Quando você for fechar a folha contornando as bobinas, as dobras vão criando forma, de modo que as linhas horizontais ficarão para trás e os triângulos para frente. Adorei este efeito 3D com as dobraduras.

Mesinha-Bobina-Dobradura-3D-faca-voce-mesmo-Blog-Remobilia

Para fixar o papel nas bobinas utilizei fita dupla face no tampo para colar as bordinhas. Em seguida finalize em com um tampo de sua preferência, eu utilizei o tampo de espelhos para combinar com a outra mesinha que tenho no quarto.

Mesinha-Bobina-Dobradura-3D-faca-voce-mesmo-Blog-Remobilia2

Estou in love com a minha nova mesinha, achei que ficou super moderninha com este efeito 3D.

E você o que achou?

Colaboradora-Camila-Vieira

CAFOFO 306 | DIY & DECOR

Apareceu a margarida! Depois de muito tempo sem postar nada aqui no Blog, cá estou eu, cheia de inspirações e novidades para compartilhar com vocês.

Vou justificar meu sumiço e vai valer a pena rsrs!

2015 foi um ano de muitas mudanças como vocês sabem, incluindo emprego, apê e novo ritmo de vida. Ao longo do ano me descobri (ou talvez re-descobri) como empreendedora criativa e a partir de um pedido especial, comecei a fazer quadros para rolhas e tampinhas, nascendo assim a Rab Housemais um projeto paralelo que levo com muito carinho.  Desde sempre meu objetivo profissional é trazer felicidade aos meus clientes, para que eles sintam e queiram o produto com o coração, e foi assim que a Rab House se desenvolveu, criando quadros especiais para cada cliente, sem perder o contato pessoal para entender as necessidades de cada um e sem gerar uma linha de produção. Por isso os projetos Remobília ficaram meio paradinhos, pois a demanda foi intensa e eu tive que me focar 100% neste projeto. O lado bom é que agora a Rab House está bem, e que abriremos as vendas para esse Brasilzão de meu Deus!

Pois sim! As vendas que se limitavam apenas a Curitiba (para facilitar a entrega) agora estarão disponíveis para entrega pelos correios! Aqui pelo blog vocês podem conferir o banner e acessar a página no Facebook para fazerem suas encomendas! Yeey!

E as boas notícias não param por aí!!!

Já fazia um tempo que eu vinha pensando em um projeto, porém sempre engavetava ele por aparecer algo mais urgente pelo caminho. Conversando com a Patrícia percebemos que era hora de deixar florescer essa ideia para que ela possa dar bons frutos, que filosófica eu!.

Pois bem, quando me mudei para o cafofo 306, a 01 ano atrás, meu objetivo era ter muuuitos DIY para postar, afinal o apê não tinha um móvelzinho sequer, porém eu nunca me resolvia sobre a decoração e acabava deixando para depois, casa de ferreiro, espeto é de pau, certo?!

Agora com o contrato de locação renovado, não há mais desculpas para não finalizar a decoração do cafofo. Sim! A arquiteta aqui vai enfim criar um projeto para o apê com várias ideias DIY para apresentar a vocês.

E em comemoração aos meu 03 anos de colaboradora Remobília, criamos o quadro “CAFOFO 306 | DIY & DECOR” onde vamos compartilhar com vocês as propostas de decoração de todos os ambientes seguindo sempre o princípio de que, por ser apartamento alugado, as mudanças não podem ter “quebra-quebra” e tem que ser econômicas.

Neste projeto vamos reunir tudo de bom: inspirações, DIY, Antes e depois com repaginação e novo uso de móveis, inspirações do Pinterest e enfim soluções práticas para apartamentos pequenos aplicando as técnicas de arquitetura e interiores, assim vocês terão acesso a decoração como um todo e não somente aos pedacinhos como fazíamos anteriormente.

Ao longo das publicações vou mostrando para vocês como o apartamento está hoje e também o processo de decoração de cada cantinho.

Queremos saber também de vocês, tem algum projeto em especial que querem ver aqui? Inspiração nunca é demais! Mandem suas idéias! Quem sabe não rola um DIY especial!

Colaboradora-Camila-Vieira

Escrivaninha Repaginada com Bobinex

2015 já chegou com a promessa de ser um ano diferente! Um dos motivos foi esta parceria com a Bobinex com o desafio de remobiliar um móvel usando um dos papéis de parede da nova coleção Natural, e claro que aceitei de braços abertos, afinal, para criatividade não existem limites.

O novo desafio agora seria: encontrar o móvel ideal para uma mudança radical. Revirando as ideias, me lembrei desta escrivaninha garimpada pela sogrinha, que até então ficava despercebido em algum canto da casa. A mesinha estava em bom estado, porém com uma parte do tampo meio lascada e com uns preguinhos a menos.
antes-escrivaninha-reformada-bobinex

A primeira coisa a fazer foi pregar os cantos que estavam soltando e nivelar o tampo com massa corrida (pode ser massa para madeira também). Espere secar de um dia para o outro e passe a lixa para dar o acabamento. Como a escrivaninha receberia uma boa dose de tinta, foi preciso lixá-la inteira para retirar o verniz existente, caso contrário corre o risco da tinta descascar ( o que já me aconteceu algumas vezes rsrs)
antes e depois escrivaninhapin pintura

Uma vez uma amiga me disse que dava pra saber por onde eu passava, pois sempre deixava alguma coisa colorida pelo caminho, isto me acompanha até hoje nos meus projetos quando consigo a partir das cores, dar uma vida nova para objetos esquecidos e comuns. Por isso as tintas escolhidas foram acrílica fosca Pantone 192C e tinta acrílica branca fosca para contrastar. Cubra com fita crepe as áreas que você pretende usar outra cor para facilitar o acabamento.
Confesso que estou apaixonada por esse papel de parede e a facilidade de manuseio. Por ele ter uma textura mais firme fica muito fácil colar e dar acabamento, sem risco do papel rasgar ou encharcar. Usei cola branca para fazer a fixação nos detalhes, mas pode ser usado também cola de madeira ou cola para papel de parede. Espalhe bem para facilitar, e vá colando o papel com um auxílio de uma espátula ou pano para não formar bolhas ( neste caso usei a espátula metálica, pois vivo de improviso, mas o ideal seria usar a plástica que é recomendada para papel de parede). As bordinhas que sobraram foram retiradas com estilete e o auxilio de uma régua metálica.

antes e depois escrivaninha colagem

As gavetas também receberam uma atenção especial e foram encapadas na parte da frente fazendo um detalhe super charmoso e na base da parte interna.
Espere secar bem a colagem do papel e a pintura para poder finalizar com verniz acrílico aplicado com um pincel bem macio para não marcar as cerdas. Este foi indicação da
vendedora da lojinha de artesanatos, que sempre me dá um reforço técnico quando me aparecem novidades remoblísticas. O bom desse verniz é que o acabamento fica meio fosco, dá uma camada de proteção e ainda dá pra passar no papel de parede sem medo de ser feliz.

antes e depois escrivaninha veniz

 Espere secar bem e a escrivaninha está pronta pra ser usada! Foi uma experiência muito boa e feita com muito carinho, afinal, cada peça feita aqui no cafofo tem sua particularidade e história para compartilhar com vocês. depois-escrivaninha-reformada-bobinexantes e depois escrivaninha detalhe 2 antes e depois escrivaninha gavetas antes e depois escrivaninha detalhe antes e depois escrivaninha tampo

Eu adorei esse trabalho lindo da Camila e principalmente da textura do papel. Aliás essa nova coleção é cheia de estampas com uma pegada rústica incrível que você tem que conferir! Pra conhecer toda a coleção maravilhosa de papéis da Bobinex e onde você pode encontrá-los, é só entrar aqui! 

E se ficou com dúvida em alguma coisa, é só escrever aqui nos comentários que a Camila pode te ajudar. Beijos!

selo-publieditorial-2014

perfil-camila

Banquinho Remobiliado II

E cá estamos nós com mais um banquinho da série Remobília!!

Este foi salvo na casinha de lixo do meu prédio. As vezes meus vizinhos resolvem fazer uma limpa em casa e despacham alguns móveis, e eu não perco a oportunidade de resgatá-los quando possível. Tenho muito que agradecer a estes meus vizinhos desapegados hehe.

O problema deste banco pra ser abandonado é que o tampo estava com uma parte meio quebrada, fora os riscos na pintura. Resolvi que seria melhor tirar a parte quebrada e pintar o restante do tampo, pois na verdade esta era apenas uma camada de um mdf que ia por cima da madeira que fez a fixação dos pézinhos.
antes-e-depois-banquinho

Como em cada projeto há uma surpresa diferente, eis que quando tiro o mdf, o tampo debaixo estava com recortes para encaixe dos pés. Para corrigir isto precisei lixar a parte da madeira que estava mais em relevo e depois passei massa de madeira para uniformizar. Esperei até secar a massa e dei o toque final com a lixa.
antes-e-depois-banquinho-1

Só que antes de decidir nivelar o tampo eu comecei a pintar os pés do banco de vermelho sem ter retirado a tinta branca que estava embaixo, achando que seria boa ideia e vi que a coisa começou a ficar sem graça e minha criatividade estava meio restrita no dia.

Resultado: lixei o banco inteiro novamente para tirar toda a camada de tinta e comecei a pesquisar novas referências pra criatividade voltar a fluir.

Dica: sempre que for pintar seu banco de outra cor que não seja a cor que está nele, é bem interessante retirar esta camada de tinta, pois as vezes ela não segura a tinta que você resolveu passar por cima e qualquer coisa que encosta nela já descasca. Sugiro a utilização de um “raspador”comprado em loja de material de construção, para retirar a camada mais grossa de tinta, depois é só fazer o acabamento com a lixa. Fica bem mais fácil.
antes-e-depois-banquinho-2

Resolvido o problema com a tinta e a criatividade, me encantei pela madeira crua que ficou no banquinho e decidi que pintaria apenas uma parte, para dar uma cara mais diferente ( vocês sabem, não gosto de nada convencional) O tampo também foi pintada na mesma cor dos pezinhos.

Como este banco tinha um diâmetro maior, achei que ficaria um sucesso usá-lo como mesa lateral, foi isto que definiu o desenho do tampo, inspirado na estampa chevron, misturando alguns tons próximo ao laranja.

antes-e-depois-banquinho-3

Recomendo fazer a base do desenho com lápis bem fraquinho ou algum outro material que não apareça quando passar a tinta por cima. E também quando for fazer a pintura, os desenhos deverão ser marcados com fita adesiva para evitar que uma tinta fique sobreposta a outra no desenho.
antes-e-depois-banquinho-4

Finalizada a estampa, passei uma camada de verniz para segurar a tinta e evitar que risque ou manche, já que neste caso ela será usada com mesinha. Para acrescentar um diferencial, coloquei uma base MDF fazendo uma prateleirinha apoiada nos travamentos dos pés, para que o banco possa ser muito bem aproveitado.

O sucesso foi tanto que minha amiga designer Beth Mochinski aderiu a moda DIY e repaginou o mini banquinho da casa dela com uma estampa de botão, e ainda participou da montagem do ambiente para as fotos cedendo seu cafofo. antes-e-depois-banquinho-5 antes-e-depois-banquinho-6 antes-e-depois-banquinho-7

perfil-camila

Antes e Depois | Banquinho Remobiliado

Devido o sucesso como colaboradora no blog, todos me conhecem agora como “remobília” e de alguma maneira contribuem com os materiais para que eu possa repaginar para mostrar a vocês.
A vítima da vez foi um banquinho que já passou por inúmeras vidas ( uma vida branca, amarela, azul, verde e branca de novo.. Ufa! que vivido esse banquinho) A ideia era remover todas as camadas de tinta até chegar no tom da madeira, deixando ele com uma cara mais rústica.

antes-e-depois-banquinho-renovado

Mãos a obra, lixadeira e espátula em mãos e apartamento todo coberto por uma fiiina poeirinha branca. O trabalho valeu a pena, pois o resultado da primeira fase já deu outra cara para o banquinho.

antes-e-depois-banquinho-renovado2

Como não abro mão das cores e de idéias diferentes, resolvi inovar e pintar a parte interna das pernas do banco com um amarelão maravilha, chamando atenção de qualquer um que olhe pra ele.
No assento resolvi mesclar cor com a textura da madeira, para isso fiz uma composição de triângulos em três cores com tinta acrílica fosca, encontrada em lojas de artesanato com um preço bem camarada.

antes-e-depois-banquinho-renovado3

antes-e-depois-banquinho-renovado4.4

A finalização foi feita com verniz, uma demão foi suficiente para deixar ele exatamente como o imaginado e PRONTO! o banquinho está pronto para receber visitas no cafofo remobília. antes-e-depois-banquinho-renovado5

Você pode usá-lo como banquinho para visitas, apoio para petiscos ou até mesmo como mesinha lateral. Abuse da criatividade e não se limite!

perfil-camila