Remobília na Mega Artesanal 2016

Há pouco mais de um mês eu compartilhei com vocês o esboço do que seria então o Cantinho Remobília no estande da PLAVITEC na Mega Artesanal deste ano, pois bem, agora chegou a hora de mostrar como ele ficou no final das contas, lembrando é claro, que boa parte das peças usadas no ambiente foram produzidas por nós, exclusivamente para o evento, então logo mais vai rolar post bônus, mostrando também o passo a passo da produção dessas peças!

Voltando ao evento, a montagem do espaço aconteceu um dia antes do inicio da feira e embora a última vez em que criamos algo para algo desse gênero tenha sido em 2014, é tipo andar de bicicleta, sabe?! A gente nunca esquece. 😄

Continue reading…

Remobília na Mega Artesanal

Acredito que muita gente não saiba, mais além de compartilhar ideias de decoração alternativa e criativa nesse blog lindo e de testar e botar em prática muitas dessas ideias em nosso cafofo muito louco, eu o Vinicius já desenvolvemos muitos ambientes e cantinhos “remobílias” para terceiros também.

Nosso primeiro projeto foi o lounge da III Conferência Internacional de Gestão de Resíduos da América Latina, em um convite que aconteceu completamente aleatoriamente, feito pelos organizadores do evento que curtiam a nossa página e queriam algo nesse estilo para a área comum da conferência, a gente aceitou na hora, afinal por que não?!

Depois disso veio o estande da empresa Pamesa para Revestir de 2014, a projeto Apartamento em Branco, e o mais legal deles, a consultoria que fizemos no projeto decorativo do Mi Casa Hostel e etc… sem dúvida o trabalho que tem mais a nossa cara.

Embora eu nunca tenha me visto como uma decoradora, receber o convite para desenvolver esses projetos foi incrível e me fez até buscar estudar um pouquinho mais sobre o assunto e até cogitar enveredar por essa área também, mas ainda não tô, eu acho.

No entanto, mês passado, mais um convite do tipo caiu no meu colo. A PLAVITEC, nossa parceira recorrente aqui no blog, estava pensando em fazer uma coisa diferente para o o estande deles, este ano, na Mega Artesanal, feira que eles participam já há vários anos.

Pra quem não sabe do que se trata a Mega, embora eu nunca tenha visitado a feira, ela já foi tema de algumas postagens por aqui, olha só! 

Além de reunir milhares de empresas do setor de arte e artesanato, durante o evento também rola um monte cursos e oficinas, onde é possível ter contato com novos materiais, técnicas e ferramentas, além de conhecer um monte de gente apaixonada por artesanato tanto quando você.

Logo que recebi o convite já pirei nas ideias. Uma das primeiras, foi a de criar um cantinho do tricô, todo fofo e cheio de referência e elementos inspirados em quem adora crochetar e tricotar, assim nasceu a proposta Tricot Lovers.

Ambiente-Tricot-Lovers-Mega-Artesanal-Plavitec-Blog-Remobilia

A proposta além de cheia de elementos de tricô e crochê, também iria ser trabalhada com muita cor, usando os seguintes materiais itens:

No segundo projeto eu trabalhei com um conceito mais “remobília”, com uma cadeira de palete como destaque, além do nosso amado caixotinho aparecendo por ali também!

Ambiente-Pallet-Decor-Mega-Artesanal-Plavitec-Blog-Remobilia

A lista de itens completa é essa aqui ó!

Depois de visitar a Casa Cor deste ano e ver por lá muitas propostas interessantes em que se usou abundantemente o Rose Gold como cor chave, fiquei super afim de trabalhar com essa cor ten-dên-cia de 2016!

Ambiente-Roset-Gold-Mega-Artesanal-Plavitec-Blog-Remobilia

Super romantiquinha essa última opção, vocês não acharam?! Na montagem eu usei os seguintes itens:

Os outros itens como a luminária de tijolo, a mesinha lateral, as garrafinhas e o bastidor decorado com lã, são inspirações pra colocar em prática e criar vários diy.

Apresentei então os 3 projetos para a PLAVITEC e eles escolheram o ambiente Pallet Decor!! Então já sabe, dia dos dias 12 a 17 de julho você tem um encontro marcado com a gente lá na Mega! Mas até lá vai rolar muitas atualizações sobre a produção desse ambiente por aqui, assim você vai poder acompanhar passo a passo tudinho, pode deixar! 😘

Banquinhos de Tijolos <3

Dentro da listinha de materiais que podem ser reaproveitados e assumir diversas outras funções, além daquelas que eles foram originalmente concebidos, você já conhece os paletes, os caixotes, e também os blocos de concreto que, volta e meia, aparecem por aqui, seja em divisórias estilosas, banquinhos de jardim incríveis, ou racks charmosos em salas minimalistas.

Mas a verdade é que dá pra fazer MUITAS outras coisas com aqueles blocos que sobraram da sua última reforma, ou que você encontrou ali jogado na esquina. Eles podem se transformar ainda em, belos jardins verticais, criados mudos, mesinhas de apoio, assim como, banquinhos lindos que, tenho o prazer de compartilhar, a versão mais perfeita deles agora com vocês, nesse diy que é só amor!

Achadinho maravilhoso que vi primeiro lá no blog Casinha Arrumada, daí fui atrás do diy e lá estava ele, todo completinho no blog Joia De Casa, que eu adoro! O melhor de tudo é que o projeto pode ser feito todo com sobras de materiais, como retalhos, cortes de espuma, cordão de varal e aquele restinho de tinta que sobrou da sua última empreitada decor, é só você pega tudo isso e seguir o passo a passo, vem!

banco-concreto_passo-a-passo-blog-remobilia banco-concreto_final-1 banco-concreto_final-2

Tão simples e tão lindo, do jeito que a gente gosta! Agora eu também quero descobrir o diy dessa mesa, por né, tá linda demais!

Beijos e logo a gente volta com outra coisa boa, bonita e barata, pra você deixar a sua casa mais linda, enquanto isso, deixa aqui nos comentários as tuas ideias para reaproveitar blocos na decoração 😉
perfil_patricia

Inspiração do Dia #189

Eu nunca gostei da expressão “pensar fora da caixa”, principalmente quando ela era usada pelos meus professores da pós-graduação, quase sempre era associada com uma quase obrigação de tentar algo diferente, mas sempre vinha de forma tão vaga que acabava soando como uma palavra da moda tipo, “superar expectativas”  “não sei o que personalizado”, será que é possível pensar fora da caixa o tempo todo, não cair no “lugar comum”, superar sempre as expectativas e criar algo realmente personalizado, sempre?

Nessa leva de expressões vagas vem também o “seja criativo!” Mas o que isso significa? Pra mim, ser criativo, ao menos no campo da decoração, é conseguir enxergar novos usos e combinações usando os mesmos objetos de sempre, com outros que não tem nada a ver, afinal um sofá deverá primeiramente cumprir a sua função de ser um sofá, mas ele pode ser feito de paletes, caixotes ou até sobras de tijolos, cumpriu a função de ser sofá? Então estamos bem.

Acredito na criatividade como um exercício, que deve ser feito a todo momento e dele surgirão as tais ideias criativas, mas onde eu quero chegar com esse blá, blá, blá mesmo? Ah! Lembrei.

Dia desses, encontrei essa ideia super bacana que transformava um cesto de lixo em uma mesinha de apoio super charmosa, e é claro que eu amei, mas o que mais me chamou a atenção foi a simplicidade da ideia. Você tem um cesto e um tampo de madeira, junte os dois e terá uma mesinha de apoio… e se for experto o bastante, talvez até um baú também, simples assim!

mesinha-de-cesto-de-lixo

A sacada nesse caso, é que essa é apenas uma ideia derivada de tantas outras, como saber quem foi o primeiro a apoiar algo em um cesto de lixo e ver que ali poderia existir uma mesinha? Impossível saber, mais o importante é que a ideia é ótima e pode ser aplicado em várias outras coisais, e aí entra outra parte do exercício de ser criativo, se inspirar, aplicar, compartilhar e inspirar os outros em seguida. Beijos e até a próxima inspiração 😉

Você encontra a fonte das imagens e alguns diys para colocar em prática na nossa galeria do Pinterest.

perfil_patricia

Morar Mais Por Menos | Rio de Janeiro 2015

 A exposição Morar Mais por Menos é o lugar onde a reciclagem encontra o design para criar ambientes atraentes onde a decoração alternativa e criativa surge em todo o seu esplendor.

Embora eu ache que em alguns casos isso fique meio de lado, daí a reutilização aparece muito mais como um estilo e não como uma ideia real de se gastar pouco e ter uma casa bacana, mas de toda forma, dentro desse bolo de coisas mais caras e outras mais acessíveis, a gente sempre encontra ótimas soluções que valem a pena conferir de perto.

Dentre todas as coisas que eu vi e achei intessante, resolvi mostrar algumas que com certeza você pode aplicar no seu cafofo, como a estante com base de garrafas coloridas!  Apesar dela não ser assim uma grande novidade, já vi várias versões dela por ai, gostei bastante das cores e de como fica bem fácil entender como ela é montada. Outra coisa que eu achei muito bacana foi a composição de luminárias de cestarias que aparece no Apê da Americanas.com, o efeito é incrível e a gente já sabe que basta ter um cesto e um kit pendente pra você criar a sua.

o-melho-da-morar-mais-2015-rio-de-janeiro corrigido

 

É claro que a trindade da decoração alternativa também apareceu em vários espaços, acho que não existe morar mais por menos sem paletes, caixotes e tambores. Mas não importa, eu não me canso deles e sigo amando um pouco mais os cantinhos onde eles aparecem.

o-melho-da-morar-mais-2015-rio-de-janeiro-2

Acho que é unânime o fato do espaço da Americanas.com ser o mais descolado, bem resolvido e lindo da mostra. Apesar de não usar paletes, caixotes, nem tambores em nenhum canto, as ideias de reutilização estão todas ali, principalmente na ideia de combinar móveis padrões com achados de garimbo, tudo combinandinho e convivendo em harmonia, do jeito que tem que ser.o-melho-da-morar-mais-2015-rio-de-janeiro-ape-americanas

Já falei pro Vinicius que nesse natal a mesa da ceia vai ser tipo assim, por que é muito amor. Mas me diz você, de qual ideia você gostou mais? Tem alguma que não apareceu aqui e você acha que não pode ficar de fora? Me conta!

Já que não consegui ir até o Rio para conferir tudo de pertinho, as meninas do Simplesmente Decor, Decorar é Preciso e do Casa e Cozinha me ajudaram muito a ter uma ideia sobre todos os cantinhos, vale dar uma olhada no post delas para saber um pouco mais sobre cada espaço 🙂

perfil_patricia

Inspiração do Dia #182

Será que dá pra decorar uma casa com ideias alternativas e mesmo assim deixar ela organizada e fácil de limpar? Essa sem dúvida é a pergunta que eu mais respondo por aqui. Sério, toda vez que eu posto alguma coisa com  paletes, canos de pvc, caixotes ou qualquer outra coisa assim, invariavelmente alguém vai comentar algo do tipo “ah mas quero ver conseguir tirar o pó disso aí”.

Já tô até acostumada, parece que o povo um lance muito sério com pó e limpeza por aqui, tudo tem que ser fácil de limpar e se não for nem quero, não importa quanto eu ache lindo, ou o quanto eu ache que combine comigo e com a minha casa.

Confesso que no quesito limpeza e organização eu sou de boas, não vou enlouquecer se tiver um pouco de pó ali naquele cantinho do móvel onde eu não consigo alcançar, pra mim basta respirar fundo e procurar outra coisa mais legal pra fazer, nestes casos minha filosofia é que a vida é curta demais pra se ficar estressado com limpeza enquanto tem tanta séria bacana na Netflix pra assistir.

Mas sim gente, tem como decorar a casa usando nossas dicas alternativas e mesmo assim dar uma ajudinha na hora de organizar e limpar o cafofo, pra isso fiz essa listinha mara, cheia de dicas lindas pra você, e quem tem TOC vai amar ainda mais ver tudo arrumadinho, que eu sei 🙂

gavetas-organizadas rodinhas-e-sapatos-organizados potes-e-garrafas-de-vidro

O que acharam? Assim fica mais fácil deixar a casa estilosa, limpinha e organizada, tudo ao mesmo tempo, né? Agora é só colocar em prática e ver a mágica acontecer. Mas não esquece de voltar aqui e mostrar pra gente como ficou. Beijos e até a próxima neste mesmo batcanal…nossa essa entregou a idade 🙂

perfil_patricia

Cheio de Improviso e Estilo

Faz um tempinho que um cafofo lindo não aparece por aqui, eu sei, a verdade é que eu  estava querendo postar esse  aqui faz um tempão, não só pelo fato dele ser super a cara do blog, mas também por todas as ideias fantásticas no melhor estilo faça você mesmo que o Thiago Oliveira, a mente brilhante por trás de todas essas ideias, colocou em cada cantinho do seu lar.

O Thiago é louco por cores e decoração retrô, assim como eu, o resultado é um cafofo cheio de energia, com pitadinhas de anos 50 por todos os lados.

Meu entusiasmo por esse cafofo contudo não se resume somente ao super acerto nas cores e no estilo. Como não pirar com essa prateleira de escada mais que perfeita na cozinha? Já compartilhei milhares delas, mas essa aqui é a campeã, sem falar que também compartilhamos um amor absurdo pelos fogões coloridos Venax Vetrô, o dele é turquesa, o meu amarelo! Mas não é só isso.

cozinha_cafofo_remobilia

Daí você pensa, ok cozinha linda, mas e o resto? O resto, meu querido, é tão lindo quanto, nem a escada é básica, toda repaginada com adesivo. No corredor, um longo mural de fotos, feito com aquela telinha de arrame, que a gente não sabe muito bem pra quê serve de verdade, mas aqui ficou ótimo com os pregadores.

quarto_cafofo_remobilia_2
detalhes_quarto_cafofo_remobilia

Só pra deixar a gente ainda mais surtado, no quarto/sala tem um sofá de paletes que vira cama de solteiro ou de casal, dependendo do momento. Sem falar da parede de tijolinhos, um amor compartilhado, que ganhou ainda mais charme pelo fato dos tijolinhos terem acabado antes de chegarem ao teto, fazendo com que a criatividade do Thiago resolvesse as coisas com um pouco de tinta que sobrou da cozinha e um galho seco achado no parque 🙂

Pra fechar com chave de ouro um espaço de trabalho super zen, onde ele cria os lindos bonecos do BoniFrati, muito amor envolvido, né não gente?!

atelie_cafofo_remobilia

Pra saber mais sobre o Thiago e o seu cafofo dos sonhos, dá um pulinho lá no Hypeness, onde ele foi publicado originalmente.

perfil_patricia

Rack com Pinus e Tijolos de Concreto

Já havia um tempo eu estava colecionando idéias sobre como fazer um rack para a sala com bloco de concreto, porém como no apartamento antigo já existia um rack monstro que era da proprietária, eu não podia colocar minhas idéias em prática.
Mas, para alegria da nação (muito mais minha com certeza) no cafofo 306 não havia nenhum movelzinho para me impedir de fazer minhas artes.
Este móvel eu comecei a fazer logo que me mudei, de um jeito meio improvisado para organizar a bagunça em um primeiro momento. Assim aproveitei uma tábua de pinus que havia comprado para um outro apartamento ( é eu já fiz várias mudanças rsrs) nessa época eu usava ele como uma prateleira atrás do sofá para esconder um colchão que ficava ali e ficou legal pra colocar algumas peças de decoração (Gambiarra Feelings).
1

Enfim, a tábua foi reaproveitada e para fazer a base usei revistas assim eu teria espaço na parte de baixo também. Me apaixonei pela ideia das revistas, mas como arquiteta, vivo sempre pesquisando algumas coisas nelas, então seria bem chatinho ficar tirando elas dali.
A segunda fase do móvel foi quando eu já havia comprado os blocos de concreto e não tinha o restante das tábuas, por isso substitui as revistas pelos blocos que serviram como adega (um charme). Usei um pedaço de carpete para colocar na base dos blocos para não riscar o chão.
Enfim consegui comprar as tábuas que faltavam para finalizar as prateleiras. Optei por colocar uma tábua na base para não precisar deixar as coisas no chão, coloquei dois blocos empilhados para dar altura para encaixar revistas e afins, e na prateleira de cima coloquei apenas uma linha de blocos na horizontal pois era um espaço que queria deixar os equipamentos da Tv.
Na parte onde coloquei a tv, optei por reforçar a área com mais uma tábua para não correr o risco de entortar devido o peso.
Para dar um charme a mais, usei como suporte para os dvds, um pedaço de palete que sobrou do sofá que fiz para um amigo, pintei ele com tinta preta fosca pois queria deixar com um ar mais sóbrio já que as almofadas do sofá são super coloridas. Bastou dar uma bela lixada e tinta pra que te quero!

Palete-Pintado

Fiz a mesma coisa em um caixote que ganhei no supermercado fim do ano (foi engraçada a cara do atendente ao ver minha alegria levando aqueles caixotinhos) esse eu utilizei para colocar cobertinhas pois com o frio de Curitiba é sempre bom ter uma por perto. Além da pintura, fiz uma colagem com uma imagem que encontrei em uma revista e fiz o acabamento com verniz acrílico.

caixote-pintado

Prontinho! Confesso que estou “in love” com esse novo móvel pois combinou demais com a decoração do novo cafofo.
A cadeira Krat ao lado eu fiz em uma oficina do Lab 74 feita aqui em Curitiba, onde aprendemos a construir nossa própria cadeira ( tão DIY!)

9 detalhes-rack-de-tijolos 15

perfil-camila