Antes-e-Depois-Parede-Stencil-Decor-Remobilia-3

Decorando com Stencil Decor

Olá meus queridos, já faz um tempinho que a gente não se vê por aqui, não é mesmo?! Eu podia dizer, e não seria mentira, que essa minha recente ausência foi causada por uma série de infortúnios, como uma conjuntivite familiar, acompanhada de um belo resfriado do pequeno Arthur e mais alguns probleminhas que afligiram meu filhote nessas últimas semanas e com ele em casa, conseguir a concentração necessária pra escrever é praticamente impossível, mas a verdade é que eu também estava preza em uma onda de procrastinação difícil de sair, essa nova temporada de Games Of Thrones está acabando com a minha objetividade, entretanto cá estou eu finalizando esse meu primeiro paragrafo em semanas, com sucesso!

Deixando as séries e pepinos de se ter filho pequeno de lado, voltemos a falar sobre decoração prática, criativa e alternativa que é o que que vocês vieram procurar aqui, né?!

Muita já falamos com o pode ser fácil dar uma cara nova, linda e divertida para aquela sua parede branca sem graça e coitada. De colagem com papel de presente a listras de fita isolante, várias técnicas e materiais já foram testados e compartilhados por aqui! Pois bem, hoje temos mais um pra mostrar com a ajuda da Stencil Decor, que nos mandou um kit com as suas 2 estampas mais desejadas pra gente testar.

Certo que não há nada de novo em decorar a parede com estêncil, eles já estão aí como uma alternativa a um tempão, o problema sempre foi a disponibilidade de modelos e estampas, bem precária, vamos combinar.

Mas é aí que esse universo decor, diy, maravilhoso em que viemos cria suas demandas, e já que a gente quer botar a mão na massa, mas não tem grana suficiente pra bancar um papel de parede, novos modelos surgem e as opções se tornam muito mais amplas. E já que a gente faz parte dessa “onda” testar e botar em prática essas novas opções é a parte mais divertida de se ter um blog.

Aproveitando que no quarto novo ainda existia uma parede intocada, resolvemos fazer uma faixa decorativa, perto da escada, mas a ideia é ir acrescentando outros elementos aos poucos, como uma composição de quadros, posteres, lambes e outras coisinhas.

Vamos agora ao passo a passo, o modelo escolhido foi o Aurora, um floralzinho bem delicado em amarelo, pra combinar com a decoração.

Antes-e-Depois-Parede-Stencil-Decor-Remobilia Antes-e-Depois-Parede-Stencil-Decor-Remobilia-2

Parede Stencil Depois 3,

Sem mistério, sem frescura, sem sujeira e sem drama, mas o melhor de tudo é que na Stencil Decor tem um mar de estampas pra você escolher! É só escolher e tirar essa sua parede da mesmice!

PS: Conselho aos desprovidos de habilidades manuais, antes de sair pintado e borrando a parede toda, pratique um pouco em outra superfície, pode ser no muro, em um pedaço de papel ou papelão, tanto faz! 😘

selo-publieditorial

0 passo-a-passo-pufe-reformado-Remobilia-com-Panólatras-antes-depois

Remobília Com Panólatras

Dando continuidade a minha humilde tarefa de deixar o quarto do cafofo cada dia mais jeitosinho, finalmente consegui colocar em prática uma pequena reforma em nosso querido pufe retrô, achadinho mara de loja de usados, que já estava na listinha de espera faz um tempão!

Pra coisa ficar mais interessante contei com a ajuda das meninas maravilhosas do Panólatras que enviaram pra gente uma amostra do seu tecido de sarja maravilhoso, em uma estampa escolhida por mim e que super combina com a proposta geométrica/masculina/cinza que a gente tá aplicando na decor do quarto.

Não conhece o Panólatras?! Meu amor! Panólatras é um sonho de parceria que sempre teve um espacinho no coração dessa blogueira, afinal de contas, quem me conhece sabe o quanto a moça aqui pira numa estampa! ADORO!

Mas então, Panólatras é o primeiro site brasileiro que comercializa tecidos com estampas exclusivas e personalizadas em pequenas tiragens, valorizando o trabalho de quem produz em pequena escala e divulgando o trabalho de designers nacionais. São mais de 2 mil estampas assinadas por designers independentes e todas as estampas podem ser vendidas em qualquer uma das opções de tecidos disponíveis. Agora me diz, tem como não amar uma coisa dessas?!

Lá tem estampa pra tudo quanto é gosto, é tipo a Netflix dos tecidos sabe?! A gente pode passar horas viajando pelo catálogo, tentando escolher o que vai levar. Ah! Se você for do tipo arteira e curtir criar suas próprias estampas, é só enviar a sua arte que a Panólatras Minha Estampa estampa pra você com medidas à partir de 70x50cm, ou seja, uma quantidade mínima super baixa, que te permite textar e botar em prática vários projetos que você tenha guardado na gaveta!

Agora voltando para a nossa reforminha, sempre tentamos compartilhar todos os nossos diys em primeira mão para os nossos seguidores queridos do Instagram, é um mimo que a gente faz e adora, assim todo mundo pode acompanhar na hora ali, como as coisas estão ficando.

Mas dessa vez a gente quis fazer um pouquinho diferente, dividido todo o passo a passo em pequenas postagens com o app Boomerang. Assim, tudo ganhou um pouquinho de movimento e ficou mais divertido também. Vou publicar o vídeo completo lá no Facebook, pra todo mundo ver, mas é certo que vai rolar mais disso em breve, por que eu adorei o resultado!

Por aqui eu mostro um pouco dos detalhes dessa repaginada, super rápida e fácil de fazer. Começando com o antes da nossa banqueta que tem estrutura de madeira super reforçada, mas que no quesito estofado, tava precisando de socorro mesmo!

01 passo-a-passo-pufe-reformado-Remobilia-com-Panólatras-antes

A referência que usamos foi a Triângulos Frios – Cinza, aplicado em sarja 420g, ou seja, um tecido bem reforçado e ideal para estofados. Quanto aos outros materiais, os retalhos de espuma você encontra em lojas de estofado e dependendo de quanto vai precisar, pode até conseguir de graça, o mais difícil de ter à mão é o grampeador de tapeceiro, mas existe a possibilidade de você fixar o tecido usando tachinhas, daí você ainda vai precisar de um martelo pequeno.

02 passo-a-passo-pufe-reformado-Remobilia-com-Panólatras

No final nosso pufe ficou assim, todo trabalhado na geometria.

SAMSUNG CAMERA PICTURES

Mas pra representar bem a dècor do quarto ele vai ganhar mais um detalhe em breve, o que vocês acham dele com a pontinha dos pezinhos pintada de amarelo?!

SAMSUNG CAMERA PICTURES

Espero poder trazer muitos outros projetos em parceria com o Panólatras pra vocês! Pra encerrar, olha só como ficou o nosso micro-vídeo Boomerang feito com muito amor!

Beijos! 😘

selo-publieditorial

antes-e-depois-criado-mudo-Blog-Remobilia-Polly-Mota-Atelie-2

Antes e Depois | Criado Mudo

Foi com muita alegria que recebi o convite para ser colaboradora desse florido, alegre e  divertido blog.

Bom, claro que por ser nova por aqui se faz necessária uma apresentação, senta que lá vem textão…, não péra vai ser rápido!

Meu nome é Polyana Mota, formada em Direito, natural de Brasília (mas morando há 11 anos em Marília /SP ). Sou restauradora de móveis e costumo dizer que a restauração de móveis me escolheu por que eu jamais vi como profissão e sim como hobby…

Um belo dia o hobby virou profissão, que virou felicidade estampada no rosto e que quando eu me dei conta já tinha me virado do avesso e mudado completamente minha vida!

Claro que o Direito ficou pra trás e minha vida foi pintada com milhares de cores diferentes.

Hoje, depois de mais ou menos quatro anos trabalhando como restauradora profissional já perdi as contas de quantos moveis tive o privilégio de restaurar e de quebra resgatar uma história que por vezes fica esquecida debaixo das camadas de verniz.

Quero trazer pra vocês um pouco desse universo da restauração que além de deixar nossa decoração de cara nova também contribui para a sustentabilidade do nosso planeta.

E para iniciar com o pé direito vamos ver como restaurar um criado mudo (que todo mundo tem em casa jogado em algum cantinho).

Materiais:

  • um criado mudo ( de qualquer estilo em madeira)
  • um litro de tinta esmalte a base d’agua (eu escolhi o tom amarelo canário)
  • um rolinho pequeno de espuma
  • um pincel de tamanho médio
  • lixa 150

Para começar lixe toda a superfície do criado para retirar o verniz ou pintura antiga. Isto feito, passe um paninho para remover o pó e podemos iniciar a pintura.
A pintura deve ser iniciada pelo tampo do criado. É muito simples, molhe o rolinho na tinta e estique a tinta no criado. Nos lugares menores utilize o pincel.

Três demão são suficiente e voilà: temos um criado mudo novinho e muito alegre!

criado-mudo-repaginado-blog-remobilia
Vocês devem ter percebido que dentro do criado eu colei um tecido e pintei de um azul num tom de tiffany…

Se você quiser dar uma bossa a mais por dentro das gavetas basta escolher um tecido de sua preferência e uma tinta de outra cor.

Pronto, seu móvel fica de cara nova rapidinho! Um beijinho e até o próximo post.

Aproveita pra conhecer o trabalho da Poly lá no Instagram e no Facebook também!

perfil-poly

cadeira-forrada-com-chita-Blog-Remobilia-3

Repaginei Minha Cadeira com Chita!

Na semana passada finalmente resolvi colocar em prática um projetinho que já estava na minha listinha a muito tempo.

Comprei minha cadeira do escritório, naquela mesma loja de usados mágica, já citada aqui tantas vezes, e sempre fui apaixonada por ela, colecionando ideias de como deixá-la ainda mais bonita. Pensei em forrar a peça de pompons, como nessa ideia aqui, como também em decorar as costas dela com fuxicos, como eu fiz na luminária do quarto do Arthur.

Mas como vocês já devem ter notado, eu sempre acabo me perdendo no meio de todas essas possibilidades, então demora uma eternidade pra me decidir por apenas uma delas. Mas aí eu ganhei uma chita maravilhosa do pessoal da Manah, e de cara já  sabia que a minha cadeirinha amada finalmente ia receber a atenção merecida, nascendo na minha cabeça um belo projetinho de envelopagem.

Já fiz vários trabalhos com colagem de tecido, nesse quesito, não existe nenhum melhor que a chita, sério! Parece que ela foi feita pra isso mesmo. Ela absorve a cola de um jeito fantástico, tem pouca elasticidade, então o tecido não fica tencionado e o estiramento da hora de cobrir qualquer superfícies planas é perfeito! No final, foi TÃO fácil aplicar o tecido na cadeira que até agora eu não tô acreditando.

Bastou juntar um pouco de cola levemente diluída, só pra facilitar a aplicação com o pincel, o tecido escolhido, cortado mais ou menos na medida da área a ser coberta e começar a colagem. Tinha até separado nossa espátula, mas acabou que a gente nem usou e foi aplicando com a mão mesmo, começando pelo centro da peça e depois indo pra as laterais, simples assim!

cadeira-forrada-com-chita-Blog-Remobilia

Depois de colar tudo e fazer o acabamento nas laterais cortando o excesso de tecido, foi a hora de selar tudo com uma bela demão de cola sobre o tecido. Daí só só esperar secar e a peça estava pronta!

cadeira-forrada-com-chita-home-office-Blog-Remobilia4
O cantinho que já era alegre e cheio de cor, ficou ainda mais florido e colorido, do jeito que eu gosto! E se você quer ver outras inspirações lindas com chita, clica aqui que tem mais!

Ah! E na segunda-feira volta aqui que vai rolar um tour completo pelo cafofo, mostrando todos os cantinhos da casa e todas as ideias Remobílias que colocamos em prática por aqui! 😘

Antes-e-depois-Mesinha-de-Carretel-Blog-Remobília

Projetos com Bobina Parte 01 – Mesinha lateral com gavetas!

E o primeiro post da série CAFOFO 306 | DIY & DECOR tem um desafio mega criativo!

Passeando pela Leroy Merlin buscando algumas peças para fazer meu home office, me deparei com algumas bobinas vazias na prateleira. Mas não eram aquelas bobinas grandes que a galera aproveita para fazer mesa, mas sim uns carretéis pequenininhos, que estavam lá, tímidos, esperando alguma ideia remobilística.

Chegando em casa com quatro “bobininhas”, me lancei o desafio: criar peças de decoração para o apê, sem ficar com cara de bobina.

Pois é, quebrei um pouco a cabeça e daí surgiram 3 ideias que vocês poderão acompanhar ao longo do mês.

A primeira delas é a mesinha lateral com gavetas, com duas variações.

Materiais:

  • 02 bobinas pequenas
  • Parafusos pequenos
  • Papelão (daqueles mais firmes para fazer a base das gavetas)
  • Papel duplex ou triplex (que parece um papel cartão, só que mais reforçado)
  • Tecido colorido
  • Cola branca
  • Estilete e tesoura
  • 02 puxadores
  • Papel (pode ser colorplus, cartolina) para fazer o fundo da gaveta
  • Tinta (acrílica ou pva)
  • Tampo de espelho
  • 04 Rodinhas de silicone
  • Banquinho de madeira

Comece fazendo o molde do fundo das gavetas, usando o tampo da bobina para desenhar no papelão (base da gaveta) e na cartolina (acabamento interno), lembrando que temos o
cilindro central que estrutura a peça, que deverá ser recortado desta base, para que a gaveta possa encaixar. O Desenho ficará em formato de “U”.

Em seguida, confira a altura da bobina onde será encaixada a gaveta e lembre-se de considerar a espessura da base e também uma folguinha na parte de cima, pois com o
tecido revestido acaba engrossando um pouco. Recorte no papel duplex, um retângulo seguindo esta altura e medindo a largura do raio da base, que irá fechar a parte curva da
gaveta e também as partes retas que ficam atrás onde irá encaixar na bobina. Na base desse retângulo, faça algumas abas para que depois você possa colar na base na gaveta.
Com a cola branca e um pincel, cole o tecido de sua preferência nos dois lados do retângulo. Após a secagem, cole as abas deste retângulo na base de papelão, fechando e
estruturando a gaveta.

Finalize com um puxador bem charmoso (esse meu foi presente que uma amiga viajante trouxe da Índia) e coloque a cartolina na parte interna da gaveta para dar o acabamento e
esconder as “abinhas”.

Gavetas finalizadas, é hora de preparar as bobinas. Pinte com uma tinta do seu gosto, neste caso precisei dar 03 demãos e aguarde secar, ou acelere o processo usando o secador!

Junte as duas bobinas e parafuse-as, para que a mesinha fique bem firme. Parafuse as rodinhas em uma das bobinas, encaixe as duas
gavetas e finalize o tampo com um espelho circular para dar uma sofisticada.

Mesinha-de-Carretel-Blog-Remobília

Prontinho! Agora é só escolher um lugar bem legal para colocar sua mesinha e aproveitar a decoração! E o legal é que dá para trabalhar com módulos.. você pode usar a mesa mais
baixinha com uma bobina e vai empilhando quantas bobinas achar necessário.

Mesinha-de-Carretel-Blog-Remobília-1 Mesinha-de-Carretel-Blog-Remobília-2

Para quem não quiser utilizar rodinhas, uma outra opção é usar aqueles banquinhos bem baixinhos e parafusá-lo na base da bobina, para fazer os pezinhos. Este meu eu comprei no mercado e paguei em torno de R$15,00. Eles também dão um charme na mesinha. Mesinha-de-Carretel-Blog-Remobília-3

Colaboradora-Camila-Vieira

antes-e-depois-pufe-de-pneus-e-pompom-blog-remobilia-1

Pufe de Pneu Decorado com Pompom!!!

Depois de um tempo pesquisando, produzindo e compartilhando ideias de reaproveitamento, reforma e decoração criativa, as ideias vão ficando cada vez mais parecidas pra mim. Daí bate aquela dúvida se ainda é possível alguém conseguir criar algo que você ainda não tenha visto.

Estava passando por uma crise dessa essa semana, mas foi nesse momento que, do nada, um pufe de pneus com pezinhos palito, decorado com pompons multicoloridos, apareceu na timeline e a minha vida voltou a fazer sentido.

Afinal, eu já adoro qualquer ideia que reutilize pneus usados, e ainda mais, qualquer coisa que envolva pompons de lã fofinhos e coloridos, então ver essas duas coisas juntas é tipo…AI MEU DEUS!!! 😍

Essa combinação maravilhosa é uma criação da Miriam Zanine, te amo miriam, e você encontra o passo a passo na integra lá no blog A Cara da Dona.

Um dos detalhes é que ela teve que dar uma adesivada em um dos lados do pneu por que ele estava super desgastado, com as partes metálicas aparecendo. A base, é feita com uma placa de mdf na medida do pneu, que você pode encomendar em qualquer marcenaria.

A primeira cereja do bolo é o kit de pezinhos palito, que como a gente já disse, dá aquele garbosidade, em tudo que você resolver usá-lo.

Depois de fixar tudo com parafusos e um pouquinho de cola só pra garantir, veio a segunda cereja do bolo.

pufe-de-pneus-e-pompom-blog-remobilia-1

A Miriam criou uma capa para o pneu e nele ela costurou dezenas de pompons coloridos, diys aqui!, com diferentes tamanhos. A capa fecha com velcro e pode ser retirada para lavar! Mais perfeito e prático, impossível!!! Tenho 4 pneus aqui em casa e já sei o que fazer com eles!pufe de pneus e pompom blog remobilia

Nesse momento você deve estar pensando, Mas como é que a gente não pensou nisso antes, Patricia!? Pois é, eu também não sei, mas agora essa ideia maravilhosa já está gravada em nossas mentes e sempre que dermos de cara com um pneu abandonado já sabemos de todo amor que ele pode transbordar, né não?! 😘

antes-e-depois-cadeira-criado-mudo-3

Meu Criado Mudo Feito com Cadeiras

Voltando para nossa série que vai apresentar todos os detalhes que a gente criou para o nosso quarto, hoje é a fez de mostrar como duas cadeiras de ambulatório se transformaram em nossos criados mudos.

A primeira coisa é contar um pouco da história dessas cadeiras. Pois bem, aqui perto de casa existe uma loja de usados gigante, e apesar do foco deles ser a venda de móveis para escritório, lá no fundo da loja, é onde a gente sempre acha as coisas mais interessantes. Já fizemos aliás, vários achados por lá, como uma Cadeira Serie 7 – Arne Jacobsen, que foi deixada lá pra ser reformada e a pessoa nunca voltou para buscar, sem falar que a maioria das cadeiras e poltronas dessa casa são de lá mesmo.

As cadeiras em questão, tem uma história muito mais legal, já que elas faziam parte do acervo de peças do Hospital das Clínicas lá dos anos 80 e que de algum forma foi parar no meio de um galpão cheio de cadeiras de escritório, mas quando eu bati o olho nelas, já sabia que iriam ficar lindas depois de um banho de cor. Pagamos R$ 15,00 em cada uma, se não me engano, e trouxemos elas pra casa.

Demorou 4 anos para que eu voltasse a tira-las de um cantinho também empoeirado do nosso ateliê, e resolvesse que era hora delas brilharem novamente. O resultado, foi esse antes e depois, inacreditavelmente simples.antes-e-depois-cadeira-criado-mudo

Antes de iniciar a pintura, dei uma bela lixada na peça usando Lixa de ferro – Nº 60. Depois disso, passei um paninho com água ráz, para tirar todo o resíduo.

O banho de cor ficou por conta da tinta amarela brilhante da Coralit, que a gente aplicou usando nosso mais novo brinquedo preferido, a pistola pulverizadora da Wagner.

Duas demão foram suficientes para deixar as cadeirinhas lindonas, e prontas para ocupar o seu novo posto no cafofo do Remobília.

Ainda vai entrar um cestinho de fibra ali embaixo, para guardar coisinhas e quem sabe até consiga colocar uma gavetinha ali também.

A ideia de transformar a cadeira em criado mudo, veio dessas muitas inspirações que eu já tinha visto no Pinterest. Aproveita pra seguir a gente por lá também e conferir todos os nossos boards maravilhosos! Depois eu volto pra mostrar como criamos essa parede de cimento queimado, linda de viver 😉

Cabeceira-Antes-e-Depois-Remobilia-3

Minha Moldura Cabeceira

Na primavera passada eu ganhei uma moldura amarela, gigante, com fundo de eucatex perfurado, da 3M. A proposta, na época, era montar um jardim vertical para comemorar a estação mais florida do ano, em algum cantinho da minha casa, junto dos vasinhos e sementes que eles também me enviaram.

O problema é que eu não tinha o tal cantinho para colocar o jardim, já que o quadro era realmente gigante! Então eu guardei a moldura, pensando em talvez usá-la para montar um quadro de ferramentas, quem sabe, no meu, ainda não realizado, ateliê.

Porém, no momento em que o nosso quarto ficou pronto, eu sabia o que daria uma ótima cabeceira de cama, no final das contas. Tirei o pó da peça e resolvi abraçar a paleta de amarelo, preto e cinza na decor do quarto, de uma vez por todas. Para isso, usei o que sobrou do adesivo PLASTCOVER, que usamos anteriormente na repaginada dessa mesa de escritório. E que você encontra à venda na loja online Decorart Decor 😉

O passo a passo é muito simples e concentra várias dicas que já demos antes, em outras publicações, com esses materiais adesivos, tais como, usar uma espátula macia para um acabamento mais profissa, como também usar uma régua pra te ajudar a manter o adesivo esticado no momento da aplicação. Coisa muito básica, mas que facilita a vida, acredite!

Cabeceira-Antes-e-Depois-Remobilia-2

Fita crepe ajuda muito também na hora de manter o adesivo reto, sobretudo se você está aplicando em uma área muito grande. Mesmo o Vínicius, que já é um mestre na arte da adesivagem, sempre usa, rs! No final, a moldura ficou assim, linda e resplandecente, parecendo até, que nasceu pra ser cabeceira!

Cabeceira-Antes-e-Depois-Remobilia

Pra deixar a coisa mais segura, mas ainda assim móvel, fixamos a cabeceira à parede com dois suportes para quadros Command, fácil assim!

O próximo passo vai ser mostrar como eu transformei duas cadeirinhas de lata, garimpadas em lojas de usados, nos nossos criados mudo, me aguarde!

perfil_patricia