Reformando o Guarda-Roupa com papel de parede

E cá estamos nós com o primeiro “antes e depois” da série do Cafofo 306, que eu mesma estava super ansiosa para finalizar. Como alguns de vocês já acompanharam, quando aluguei o cafofo 306 aceitei o desafio de pegar ele sem nenhum móvelzinho, apenas os tampos da cozinha e banheiro. A ideia sempre foi criar muitos DIYs para compartilhar com vocês e dar a minha personalidade ao meu cantinho. Mudança vai, mudança vem, a família sempre acaba se solidarizando e quando rola uns desapegos sempre lembram de mim.

Pois bem, ganhei o guarda roupa que tem quebrado um galho em questão de economia, mas sempre achei ele muito apagadinho, só na madeirinha e sem acabamento na lateral.

Enfim criei coragem, arregacei as mangas e comecei a transformação que vocês vão acompanhar por aqui:

Continue reading…

Transformando um Baú Com Bobinex

Depois do sucesso da escrivaninha antiga que ganhou cara nova com uma boa demão de tinta colorida e aplicação do papel de parede da linha Natural da Bobinex, adorei utilizar essa técnica e busquei mais projetos para criar.
Encontramos então no quartinho da casa da sogrinha (sério, esse quartinho tem inúmeros materiais remobilísticos) uma caixa de madeira, daquelas de guardar jogo de pratos e louças. Ela já havia feito umas alterações com pintura e usou ele como baú no quarto dos filhos.. Mas a ideia era dar uma nova função a esta caixa de acordo com as necessidades atuais da casa.
Reformulando o layout da suíte dela, apareceu a ideia de usar esse baú como puff de apoio para a área onde está o Closet, e claro como um reforço pra guardar as baguncinhas.
Primeiro precisei lixar toda a parte que receberia a tinta branca, pra não correr o risco de descascar com o tempo. Tive o auxílio de uma ferramenta tipo uma espátula que facilita a retirada da tinta. Onde eu aplicaria o papel de parede, dei uma leve lixada apenas para garantir a fixação com a cola.
Revesti o baú inteiro por dentro com o papel de parede, e na parte externa aproveitei a emenda das peças para gerar os detalhes em branco. Neste projeto utilizei um pincel da Tigre para acabamentos de canto que eu suuuper recomendo! Ele espalha a tinta muito bem e agiliza a pintura.
E lógico que eu teria que colocar uma cor (mas claro né!) e como este puff fica no mesmo ambiente que a mesinha repaginada anteriormente, optei por alguns detalhes em rosa para criar uma harmonia.

antes-e-depois-baú

Finalizada esta parte, fomos atrás da espuma para fazer o puff, e a capa branca ficou por conta da sogrinha ( sou um desastre com costura). ela montou como se fosse capa de travesseiro com aquela abertura pra facilitar a retirada da espuma para poder lavar o tecido.
Uma dica é costurar um velcro nas extremidade da almofada e colar algumas na tampa do baú, assim evita a espuma ficar escorregando quando você senta.
Para finalizar, colocamos rodinhas que suportem o peso de uma pessoa sentada para facilitar o manuseio do puff. antes-e-depois-baú_2

Amei o resultado em dose dupla dessa parceria com a Bobinex, onde com materiais simples conseguimos criar peças totalmente repaginadas e cheias de estilo. Agradeço muito a confiança e o carinho. E agora, qual será o próximo desafio??

perfil-camila

Escrivaninha Repaginada com Bobinex

2015 já chegou com a promessa de ser um ano diferente! Um dos motivos foi esta parceria com a Bobinex com o desafio de remobiliar um móvel usando um dos papéis de parede da nova coleção Natural, e claro que aceitei de braços abertos, afinal, para criatividade não existem limites.

O novo desafio agora seria: encontrar o móvel ideal para uma mudança radical. Revirando as ideias, me lembrei desta escrivaninha garimpada pela sogrinha, que até então ficava despercebido em algum canto da casa. A mesinha estava em bom estado, porém com uma parte do tampo meio lascada e com uns preguinhos a menos.
antes-escrivaninha-reformada-bobinex

A primeira coisa a fazer foi pregar os cantos que estavam soltando e nivelar o tampo com massa corrida (pode ser massa para madeira também). Espere secar de um dia para o outro e passe a lixa para dar o acabamento. Como a escrivaninha receberia uma boa dose de tinta, foi preciso lixá-la inteira para retirar o verniz existente, caso contrário corre o risco da tinta descascar ( o que já me aconteceu algumas vezes rsrs)
antes e depois escrivaninhapin pintura

Uma vez uma amiga me disse que dava pra saber por onde eu passava, pois sempre deixava alguma coisa colorida pelo caminho, isto me acompanha até hoje nos meus projetos quando consigo a partir das cores, dar uma vida nova para objetos esquecidos e comuns. Por isso as tintas escolhidas foram acrílica fosca Pantone 192C e tinta acrílica branca fosca para contrastar. Cubra com fita crepe as áreas que você pretende usar outra cor para facilitar o acabamento.
Confesso que estou apaixonada por esse papel de parede e a facilidade de manuseio. Por ele ter uma textura mais firme fica muito fácil colar e dar acabamento, sem risco do papel rasgar ou encharcar. Usei cola branca para fazer a fixação nos detalhes, mas pode ser usado também cola de madeira ou cola para papel de parede. Espalhe bem para facilitar, e vá colando o papel com um auxílio de uma espátula ou pano para não formar bolhas ( neste caso usei a espátula metálica, pois vivo de improviso, mas o ideal seria usar a plástica que é recomendada para papel de parede). As bordinhas que sobraram foram retiradas com estilete e o auxilio de uma régua metálica.

antes e depois escrivaninha colagem

As gavetas também receberam uma atenção especial e foram encapadas na parte da frente fazendo um detalhe super charmoso e na base da parte interna.
Espere secar bem a colagem do papel e a pintura para poder finalizar com verniz acrílico aplicado com um pincel bem macio para não marcar as cerdas. Este foi indicação da
vendedora da lojinha de artesanatos, que sempre me dá um reforço técnico quando me aparecem novidades remoblísticas. O bom desse verniz é que o acabamento fica meio fosco, dá uma camada de proteção e ainda dá pra passar no papel de parede sem medo de ser feliz.

antes e depois escrivaninha veniz

 Espere secar bem e a escrivaninha está pronta pra ser usada! Foi uma experiência muito boa e feita com muito carinho, afinal, cada peça feita aqui no cafofo tem sua particularidade e história para compartilhar com vocês. depois-escrivaninha-reformada-bobinexantes e depois escrivaninha detalhe 2 antes e depois escrivaninha gavetas antes e depois escrivaninha detalhe antes e depois escrivaninha tampo

Eu adorei esse trabalho lindo da Camila e principalmente da textura do papel. Aliás essa nova coleção é cheia de estampas com uma pegada rústica incrível que você tem que conferir! Pra conhecer toda a coleção maravilhosa de papéis da Bobinex e onde você pode encontrá-los, é só entrar aqui! 

E se ficou com dúvida em alguma coisa, é só escrever aqui nos comentários que a Camila pode te ajudar. Beijos!

selo-publieditorial-2014

perfil-camila

Minha Cozinha Com Papel de Parede

É no final do ano que todo mundo dedica um pouco do seu tempo e da grana do 13º salário para dar uma reformada rápida na casa para as festas de final de ano, certo? Mas olha só, somente na minha rua, são 5 casas que devem ser concluídas até o final do ano, então essa grana extra serve igualmente para dar um gás na finalização da casa.

Aqui no cafofo a grana está curta, mas está aberta a temporada de reformas rápidas idem. Começamos dando uma renovada nas paredes da cozinha e do quarto com um papel de parede florido laranja lindão, da Coleção Grafismos da Bobinex, assinada pelo Marcelo Rosenbaum, assim como o que usamos na sala. Minha paixão por essa coleção é história antiga, então não vou repetir, se você quiser ver todo o passo a passo para aplicar o papel, dá uma olhada no antes e depois do nosso home-office.

Eu adorei o resultado, a cozinha ficou cheia de energia e com aquela pitada retrô que eu amo em qualquer cantinho da casa, mas que na cozinha cai como uma luva. Usamos 1 rolo para fechar a nossa parede e ainda sobrou bastante, então decidimos usar o mesmo modelo no quarto, que eu vou mostrar depois.

Ante-e-Depois-Cozinha-Cafofo-Remobilia-1 Ante-e-Depois-Cozinha-Cafofo-Remobilia Ante-e-Depois-Cozinha-Cafofo-Remobilia-3

Sentiu a vibração? Minha dica é que se você quiser dar uma repaginada rápida em alguma parede da sua casa, aposte no papel de parede, ele não é tão difícil de aplicar como parece. Basta seguir as instruções direitinho e fazer as coisas com calma.

Ah! Esqueci de dizer que já estou correndo atrás de dar uma repaginada na porta da cozinha também, e finalmente meu cantinho lousa vai sair do papel.

perfil_patricia

Inspiração do Dia | Sorteio de Páscoa Bobinex

sorteio_bobinex_1

Todo mundo nessa vida já passou por aquele momento em que bate uma vontade louca de mudar tudo dentro de casa, certo? Mudar a cor da parede, o sofá de lugar, a cama de posição e por aí vai.

Mudar os ares da decoração do cafofo é sempre uma beleza, mas as vezes falta grana para arriscar uma mudança mais radical, como decorar um cantinho especial com papel de parede, por exemplo.

E é justamente para aqueles apaixonados por papel de parede que eu dedico o post de hoje. A Bobinex, super parceira nossa, e que já nos ajudou a transformar nosso home-office no cantinho mais especial do cafofo, vai ajudar você também a transformar algum cantinho da sua casa com um sorteio especial de páscoa!

Serão dois sorteios e cada ganhador vai  poder escolher entre os mais de 400 modelos da Bobinex, 2 rolos de papel de parede pra levar pra casa. Basta entrar nesse link aqui! e se inscrever, corre lá que é só até as 17:00 de hoje!!

unnamed

selo publieditorialperfil patricia 

Antes e Depois | o home-office do Remobília

home_office_remobilia

Como prometido, cá estou para mostrar a vocês como ficou nosso home-office na casa nova. Passamos muito tempo pesquisando o que faríamos para destacar a parede principal da sala, onde ele deveria ficar agora já que no projeto original teríamos um cômodo reservado só para isso, mas daí veio o Arthur e tudo mudou. No momento montamos o nosso quarto lá.

De pintura em degradê, à ripas de palete, passando por colagens de histórias em quadrinhos, ladrilhos e azulejos, já quis fazer de tudo nessa parede. Foi então que esbarrei na Linha Azulejo da Coleção Grafismos da Bobinex assinada pelo arquiteto Marcelo Rosenbaum, daí eu pirei!

Só pensava em como meu cantinho de trabalho ia ficar tudo de bom, com qualquer uma das estampas, lindas e retrôs dessa linha. Mostrei para o Vinicius e ele ficou maluco também, daí foi só cruzar os dedos e ver se a Bobinex topava ajudar a gente a dar uma turbinada na decor do nosso novo cafofo.

E não é que eles toparam, gente!!! Até mandaram um especialista para aplicar o papel de parede, pacote completo com tratamento vip, meu amor!  Eu que não sou boba, nem nada, aproveitei o ensejo e fotografei passo a passo a aplicação, assim quem quiser botar a mão na massa e aplicar o papel sozinho, já vai ter uma boa ideia do processo, né?

Então bora ver como foi a transformação desse cantinho. Antes ele era assim, já com a aplicação do isolamento térmico e do drywall.

home-office do remobilia antes

Depois do drywall finalizado e com as paredes pintadas ele ficou assim. Neste ponto também já tínhamos assentado o piso de cerâmica.

home-office do remobilia antes

A estampa que escolhemos foi a Ref. 1852 com desenho geométrico na cor turquesa, para combinar com o contêiner. O primeiro passo para aplicação, foi retirar todas as possíveis irregularidades da parede, como pontos de tinta e poeira. Depois medir o pé direito e cortar o papel com sobra de aproximadamente 20 cm.

Para colar o papel, primeiro se passa a cola na parede, depois nele com rolinho de espuma, a dica é deixar a última parte da tira de papel dobrada para dentro para a cola não secar. Com a ajuda de uma espátula de plástico você vai tirando as bolhas de ar e fixando o papel a parede.

home-office do remobilia durante

O acabamento é feito cortando a rebarba com estilete com a ajuda de uma espátula de metal mais larga. Como nossa parede é de gesso a cola secava bem rápido, desta forma era sempre necessário passar mais uma demão de cola na parte de baixo. E emenda é feita sobrepondo levemente a segunda tira sobre a primeira, com a ajuda da espátula de plástico.

home-office do remobilia durante

Os acabamentos das tomadas são feitos cortando a área com estilete também. Um pano limpo e úmido é usado para dar o acabamento final. 

home-office do remobilia durante

No total usamos 4 tiras de papel e a última parte foi só uma pequena faixa. Mesmo não fechando certinho da mesma forma que começou, devido a medida da parede, o padrão da estampa disfarça bem isso.

home-office do remobilia durante Você viu que não tem segredo, né? Só ter calma, tirar as medidas certinho e de preferência ter alguém para te ajudar na hora de aplicar, para compensar a falta de jeito. Já deu para perceber também que o papel de parede por si só já fez uma diferença danada na cara da sala. Depois de colocar tudo no lugar nosso home-office ficou assim!

home-office do remobilia depois

 Agora me diga você, parece que esse cantinho lindeza foi montado dentro de um contêiner marítimo?

home-office do remobilia depois

Fico mais e mais apaixonada pelo meu cafofo a cada novo cantinho que conseguimos arrumar, ainda falta muita coisa, mas prometo mostrar todas as transformações para vocês assim que a gente for completando a decoração. Semana que vem espero postar o resto da sala e um pouco de como ficou a cozinha. Você também pode acompanhar o processo todo lá no nosso Instagram!

Agradecimentos especiais a Juliana Talala, que foi nosso contato com a Bobinex e sempre nos atendem super bem, ao aplicador Reinaldo que aguentou a gente enchendo ele de perguntas e ao nosso amigo Carlos que fez todas essas fotos maravilhosas.

selo publieditorial

perfil patricia