Inspiração do dia #198

Agora que o pequeno Arthur voltou as aulas, sinto que finalmente poderei colocar em prática tudo aquilo que coloquei na listinha “Quando as férias terminarem” no último mês. Vida de mãe que não tira férias com criança em casa é assim mesmo, né não?! Quando a gente pensa que vai poder sentar e trabalhar um pouquinho, quem sabe até conseguir ler todos os e-mails entulhados na caixa de entrada, lá vem aquela coisa fofa querendo nossa atenção só pra ele.

Mas agora, depois de tirar a segunda-feira só pra dormir, é hora de repassar a check list. Tem um monte de coisas diferentes que quero colocar em prática para o cafofo e para o blog, falando nisso, gostam da nossa nova cara colorida e florida? Ah! também tem o canal no Youtube que ficou praticamente abandonado em 2015.

Já que aqui a gente nunca segue uma linha cronológica, hoje vou pular um monte de coisas e falar logo do item 24 da minha listinha. Arranjar um tapete bacana para a nossa sala e de quebra para o quarto novo também.

Isso por que depois da repaginada que dei no home office, e da confusão que ficou a casa logo após a reforma do quarto, decidi que não ia mais querer o sofá de engradados por aqui,  tudo bem ele ser super prático, mas acho que o momento agora é outro e estou buscando algo com cara de sala mesmo, com sofazinho, tapete e mesa de centro, sabe?

O sofá eu já encontrei, só estou esperando ele chegar pra poder mostrar pra vocês, a mesa de centro vai ser de carretel e é claro que vai rolar diy por aqui também, mas o tapete, esse eu não consigo me decidir. Namorei por um tempo a ideia de montar um igual ao que o Edú do Homens da Casa, fez para a sala dele, costurando passadeiras de retalhos e formando um belo tapetão, mas também não sei se é isso mesmo que eu quero.

Nessas horas de dúvida, eu sempre recorro ao Pinterest, e como resposta ele me dá sempre uma avalanche de ideias lindas, foi aí que eu descobri que um dos estilos de tapete mais amados do mundo tem um nome e uma história linda por trás.

Os tapetes Kilim, que você deve conhecer como aqueles modelos que tem um jeitinho de bordado com estampas étnicas e geométricas, super lindas e coloridas.

Eles são originalmente fabricados por povos nômades de vários países do oriente,  usados nas tribos como cobertas, berços, sacos de grãos ou cobrindo e decorando as tendas.

Agora, dentro desse nosso estilo de decorar que prioriza tudo aquilo que tem um boa história por trás, esses tapetes são a cara da riqueza e o que não falta são ambientes lindo pra gente se inspirar, olha só!

tapete-kilim

Me diz aí, tem como não amar, e querer vários desses na casa toda?! Já fiz a minha pesquisinha e fiz alguns achados lá na Enjoei, com um preço mais acessível, já que a maioria deles é importado, agora é só escolher o mais bonito e que caiba no bolso, e se você souber de um outro lugar onde a gente consiga achar essas belezinhas, conta pra gente!

perfil_patricia

Inspiração do Dia #191

Na semana passada fiz um post especial para o blog Enjoy cheio de dicas bacanas para decorar a parede com macramê.

Pra quem não sabe, macramê é a aquela técnica de trançado que o pessoal tá voltando a usar com tudo ultimamente, principalmente para criar lindos suportes de vasinhos suspensos, ainda vou mostrar como fazer alguns quando for dar uma repaginada na varanda.

Mas então… a ideia do post veio por que eu estava procurando uma ideia simples e diferente, pra criar um enfeite de cabeceira, com um galho que achei no parquinho. A ideia era usar o material mais barato possível, mas que pudesse ter um efeito interessante e colorido, dai que o tal macramê me veio como solução.

Na minha pesquisa básica atrás de inspirações lá no Pinterest, sempre ele, encontrei todas essas coisas lindas,e pirei nas possibilidades.

enfeite-de-macrame-blog-remobilia

Deu pra ver que até as ideias mais simples, e sem nenhum grande traçado, também tem o seu charme, basta caprichar nas cores e nos cortes. Depois desse banho de inspirações, só restava saber se eu conseguiria reproduzir toda essa belezura pinterest, aqui em casa, então comprei as lãs e coloquei a mão na massa.

Criei uma franja de 8 pontas de aproximadamente 50 cm e comecei a dar os nós no galhinho, criando faixas de cores, começando com o marrom e centralizando no bege.

Cabeceira-de-macrame-blog-remobilia

Pra finalizar criei um angulo em v meio arrendondado na ponta da franja, isso deixou a peça bem mais interessante que a franja reta, mas é uma questão de gosto e de teste. No final minha cabeceira ficou assim.
Cabeceira-de-macrame-blog-remobilia2

No final achei que faltou um pouco de amarelo, então comprei mais lã e acrescentei mais cores, esta aliás é a parte mais legal da história, você pode desfazer e refazer o trançado quantas vezes quiser e sempre terá um efeito diferente, talvez até role umas tranças em alguns pontos, quem sabe.

No total gastei 8 Dilmas em lã e nada mais pra fazer esse detalhe na minha cabeceira, é o não é uma pechincha? Estou pensando seriamente em fazer a cortina da minha sala com essa pegada, mas ao invés de lã usar malha, o que acham? Ideias, ideias…. ideias 🙂

perfil_patricia

Uma Casa Cheia de Doçura

Lembra que eu disse a um tempo atrás que a principal função do Remobília era compartilhar ideias pra deixar a casa mais linda e com a nossa cara? E pra isso valia muito diy, antes e depois, cores e cantinhos lindos? Então, eu acho que eu achei o cafofo mais inspirador do mundo! Ao menos pra quem curte uma decoração com doses cavalares de fofura.

Todo mérito desse achado está no Instagram que me recomendou a página da Paula do Colorfulsparkle, e tornou a minha vida muito mais doce e colorida!

A história desse cafofo, pra falar a verdade, é um misto de emoções, a cerca de 1 ano a Paula teve uma série de problemas de saúde que a obrigaram a ficar de molho em casa, por um longo período, mas ao invés de se entregar a bad, ela decidiu dedicar esse tempo a tornar cada pedacinho da sua casa um cantinho especial, cheio de cor e energia.

Pra deixar a coisa mais divertida ela decidiu compartilhar ao menos 2 fotos do cafofo, todos os dias, em uma conta recém criada no Instagram, assim ela se manteria motivada e a gente, de quebra, conheceria um pouco sobre a história dessa casa linda.

Cafofo-Remobilia-Colorfulsparkle-1

A Paula também é uma amante da Rice, e é por isso que a gente vê tantos objetos e fofuras coloridas espalhadas pela casa, que no final tem um estilo próprio, meio boho, meio escandinavo, 100% multicolorido.Cafofo-Remobilia-Colorfulsparkle-3

A boa notícia é que a Paula já melhorou e ainda ficou super famosa com a seu super bombado Instagram. Isso faz a gente pensar um pouquinho em como morar em lugar onde nos sentimos bem, pode ser importante até para a nossa saúde, e como as cores são poderosas também, trazendo alegria e energia para o nosso dia a dia.

Sentiu vontade de colorir alguma coisa, pra já? Eu também! 🙂

perfil_patricia

Um Cafofo Colorido Sempre Apaixonante

Toda casa deve ter uma relação intima com o seu morador, e pra ser verdadeira ela tem que seguir as transformações pessoais e representar as nossas vivências também, é só assim que a gente realmente vai se sentir confortável naquele espaço.

Estou vivendo as minhas próprias transformações nesses últimos meses, mudei minha rotina completamente e com isso comecei a fazer caminhadas pela manhã, logo depois de deixar o Arthur na escolinha, quando volto pra casa, passo mais 1 hora dando uma ajeitadinha nela, assim quando sento pra postar, fazer as minhas pesquisas e escrever, tudo a minha volta está arrumadinho, isso deixa a casa com uma energia ótima e ajuda muito a inspiração fluir melhor.

Com as mudanças de rotina também veio a vontade de repaginar algumas coisas por aqui,  então logo vai ter muito coisa nova pra mostrar pra vocês. Mas o que eu quero dizer com tudo isso é que a decoração sempre vai ser algo em constante mudança, nela deve-se sempre ter espaço para uma nova lembrança de viagem, um cantinho para um novo membro da família e tudo vai se transformando junto com a gente.

Um dos primeiros cafofos que a gente publicou aqui no blog foi o da  Ana Mouawad Queiroga e eu ainda me lembro o quanto achei perfeito cada cantinho da casa dela e como ela me influenciou na decoração da minha.

Esses dias eu reencontrei o cafofo inspirador da Ana e agora ele também está em um novo momento, muito mais colorido e cheia de novas lembranças.

1 decoracao-casa-colorida-historiasdecasa-38 cafofo-remobilia-casa-colorida

Agora a Ana tem mais um filho, a casa ganhou mais vida e felicidade, e tá tudo ali, na nova paleta de cores, nos novos mimos e na energia boa que a gente sente só de ver essas fotos.

Então, não se sinta infeliz caso o teu cafofo ainda não esteja do jeitinho que você sonhou, dê um tempo pra ele que no final tudo vai se transformando, ainda mais se você mesma for o agente dessa mudança, reformando pequenas coisas, transformando outras. É tudo uma grande experimentação e a beleza está justamente nisso.

Quem providenciou esse reencontro lindo foi o blog amado Histórias de Casa, e se você quiser ver a transformações dos outros ambientes, tem um novo capítulo AQUI!

perfil_patricia

Inspiração do Dia #183

Para comemorar o início da primavera fui atrás de algum projeto bem florido pra compartilhar com vocês hoje, então, no meio de papéis de parede, tecidos e vasos floridos eu encontrei algo tão encantador gente, que foi impossível não se apaixonar.

Se você fizer uma pesquisa rápida na internet sobre decoração japonesa vai descobrir que a luz e o papel estão intimamente ligados por lá, e é a partir dessa base tradicional que nascem as luminárias em flor da artista de iluminação Sachie Muramatsu.

Elas possuem uma delicadeza surreal que realmente apaixona, você meio que se sente perdido em algum mundo encantado quando elas aparecem juntas decorando algum ambiente.

Luminarias-Flores-Sachie-Muramatsu-Blog-Remobilia

O material usado para a produção das peças é um papel bem tradicional no japão o washi, será que é o mesmo das nossas amadas washitape? A técnica de modelagem parece muito com papel machê, de um jeito tão perfeito que até da vontade de se matricular em alguma oficina agora! Mas não é só de modelagem que são feitas essas belezuras, o  que torna as peças ainda mais encantadoras é esse trabalho lindo de coloração aguarelada em que cada pétala ganhar contornos naturais e vívidos. Luminarias-Flores-Sachie-Muramatsu-Blog-Remobilia-2

Quem não iria amar trabalhar em um escritório com uma sala de reuniões decorada desse jeito? Toda vez que a coisa ficasse meio pesada, era só olhar pra cima respirar fundo e relaxar, por que afinal de contas, esse mundo tem mesmo coisas lindas e inspiradoras logo ali.

Luminarias-Flores-Sachie-Muramatsu-Blog-Remobilia-3

As luminárias da Sachie, pra mim,  são como pequenas obras de arte, tão lindas apagadas quanto acessas, coisa do tipo que não tem como não querer uma em casa, mas infelizmente não encontrei nenhuma loja brasileira vendendo algumas dessas preciosidades. Talvez o único jeito, seja mesmo, tentando reproduzir esse trabalho lindo em casa, alguém aqui conhece algum mestre do papel machê pra me apresentar 🙂

perfil_patricia