Uma Casa de Praia pra se Inspirar

Eu sempre sonhei em ter uma casa na praia, não só para passar finais de semana em um detox da cidade, mas sim pra viver lá mesmo. Rola uma relação de amor entre o mar e essa blogueira desde pequeninha, e isso se deve ao fato dela ter morado no Rio de Janeiro na infância. Nada nesse mundo me deixa mais em paz e otimista, quanto a tudo, do que o mar. Pensando agora com os meus botões, acho que estou precisando muito de um banho de mar pra recarregar as bateriais.

Contudo, os caminhos que a minha família fez me trouxeram pra cidade de São Paulo e cá estou desde então. Adoro isso aqui, mas o desejo de viver perto do mar nunca me deixou. Gasto algumas horas imaginado a casa de praia perfeita, com janelas coloridas, cercada de árvores e uma bela paisagem. No meu imaginário a casa é ampla, sem divisórias, com grandes portas e muitas redes. Mais ou menos como essa daqui que eu achei lá no blog da revista Casa e Jardim.

Nela tem muita cor, móveis rústicos misturados com outras peças repaginadas em uma pegada mais moderna, além dos meus amados paletes e caixotes. Tudo que eu sei que com certeza teria no meu cafofo também e otras cositás más.

Cafofo-Remobilia-Casa-de-Praia-2 Cafofo-Remobilia-Casa-de-Praia-3Cafofo-Remobilia-Casa-de-Praia-1

A casa fica no litoral norte do Rio Grande do Sul e foi toda repaginada pelas arquitetas Luana Fernandes e Carla Tortelli, do escritório Arquitetando Ideias.

De tão perfeita, a dècor dessa cafofo serve de inspiração para qualquer um que queira criar um ambiente despojado, estiloso e que priorize a integração entre os espaços e as pessoas. Eu me apaixonei pela fachada colorida, super simples, mas com uma energia tão boa que dá vontade de viver nesse lugar pra sempre. E as janelas amarelas? Uma lindeza por dentro e por fora!

São tantos os detalhes lindos vocês não acham? De qual vocês gostaram mais?

perfil_patricia

Inspiração do Dia #139

inspiracao_do_dia_cobogos

Essa semana eu esbarrei em uma varanda linda, em que um belo muro de cobogós tanto decorava o espaço como também separava e escondia a lavanderia da casa. Daí eu percebi que embora eu ame esses blocos vazados, nunca tinha feito um post dedicado a eles, somente um spot pequeno nesse antes e depois da sala da Ana Medeiros do blog A Casa Que Minha Avó Queria.

Os cobogós são um clássico na arquitetura das casinhas de vila e dos prédios antigos que ainda sobrevivem em meio a essa louca especulação imobiliária que vivemos.

No período que vivi com meus avós em Pernambuco, lembro nitidamente de como eles traziam uma brisa gostosa pra dentro de casa e refrescavam os ambientes.

Com o tempo o seu uso foi reduzido, como muitas ideias interessantes que foram deixadas de lado para dar lugar a arquitetura moderna.  Mas agora queremos resgatar esses detalhes retrôs que faziam da casa algo especial, assim os cobogós voltaram com tudo, ganharam diferentes materiais, usos  e cores.

O clássico elemento vazado feito de cimento ainda é o mais usado, e ele está aqui na varandinha que inspirou esse post.

Revista Casa Claudia

Via Casa Abril

Mas também há os cobogós feitos de cerâmica esmaltada e colorida. Nesse caso o design dos elementos vazados tem uma clara referência nos anos 60, e são uma ótima pedida para criar divisórias entre os ambientes, permitindo a comunicação entre eles.

assimeugosto

Via Assim Eu Gosto

A geometria vazada dos cobogós é tão bacana, que até dá pra recriar isso, usando adesivos, olha que belezura esse box da Vivi Santini do blog Decorviva!

06-banheiro-com-cobogo-faca-vc-mesmo

Via Decorviva!

E aí de qual ideia com cobogós você gostou mais?

perfil patricia