Mesinha de Tronco com Mão Francesa

Sempre ouvi dizer que uma ideia puxa a outra, assim como, algo que você faz com amor pode te render bons frutos depois. E foi exatamente isso que aconteceu comigo recentemente.

Logo depois de publicar meu segundo post para o blog da Sparlack, com o tema, 10 Formas de Reaproveitar Troncos na Decoração, recebi o contato novamente da TV Gazeta, para aplicar algumas dessas ideias, ao vivo, no programa Revista da Cidade.

Aceitei o desafio, e tratei de botar a mão na massa, pra criar algumas peças rápidas de executar, mas com um resultado estético bacana, do jeito que a gente gosta.

Continue reading…

Inspiração do Dia #192

Como um ciclo que nunca tem fim, todo ano grandes institutos de pesquisa de tendências fazem as suas apostas sobre o que, segundo eles, vai bombar no próximo ano. Com relação a tendências de cor, o primeiro a fazer isso foi o Pantone Color Institute, que no mês passado, definiu o Rosé Quartz, como a cor do ano 2016. Mas antes de falar o que acho da cor, quero saber de vocês, o que vocês acham desse termo “cor do ano” ele é relevante pra você?

Voltando ao nosso tópico, eu amei o tal do rosa quartzo, achei uma cor feminina dããã, mas sem ser “penélope charmosa” sabe? Ela é moderna e atraente, além de super combinar com tons mais neutros e acinzentados, que ando curtindo muito ultimamente, e se adaptar bem com os tons mais energético e otimistas. Também trás calmaria e delicadeza para o ambiente. Outro conceito muito explorado ultimamente, que é a proposta de desacelerar, se desconectar dos dispositivos, se conectar  com você mesmo, com a natureza e a beleza do dolce fa niente.

cor-do-ano-rose-quartz-pantone-remobilia

Além da Pantone, quem também acaba de apresentar a sua visão da cor do ano foi a Tintas Coral, em um evento que eu tive o prazer de participar, junto com toda a blogaida de decoração.

Ao eleger o Ouro Monarca como a cor do ano, a Colour Futures, instituto responsável por toda a pesquisa, também trás uma paleta compositiva que bate muito com o que foi mostrado pela Pantone, e olhando de pertinho a gente pode ver que as duas cores super se compõem.

O conceito das cores chave também é muito parecido com o da Pantone, ao se convidar as pessoas a olhar para os dois lados e buscar o equilíbrio entre a vida ultra conectada e o momento de relaxar e recarregar as baterias.

ouro-monarca-tintas-coral-remobilia

Fugindo um pouco dos conceitos mostrados pelos dois institutos eu também vejo na escolha das cores uma valorização do feminino, que tem muito a ver com o nosso momento de luta pelo empoderamento feminino, onde surgem a todo momento movimentos fantásticos, defendendo a igualdade salarial entre os gêneros, a liberdade de decidir sobre o próprio corpo, e tantos outros tópicos que deveriam ser básicos, mas que ainda esbarram em um mundo de machismo e misoginia, mas é claro que esta é apenas a minha interpretação, e como eu enxergo as coisas nesse momento.

E você, o que achou das cores do ano para 2016, combinam contigo?

perfil_patricia