antes-e-depois-criado-mudo-Blog-Remobilia-Polly-Mota-Atelie-2

Antes e Depois | Criado Mudo

Foi com muita alegria que recebi o convite para ser colaboradora desse florido, alegre e  divertido blog.

Bom, claro que por ser nova por aqui se faz necessária uma apresentação, senta que lá vem textão…, não péra vai ser rápido!

Meu nome é Polyana Mota, formada em Direito, natural de Brasília (mas morando há 11 anos em Marília /SP ). Sou restauradora de móveis e costumo dizer que a restauração de móveis me escolheu por que eu jamais vi como profissão e sim como hobby…

Um belo dia o hobby virou profissão, que virou felicidade estampada no rosto e que quando eu me dei conta já tinha me virado do avesso e mudado completamente minha vida!

Claro que o Direito ficou pra trás e minha vida foi pintada com milhares de cores diferentes.

Hoje, depois de mais ou menos quatro anos trabalhando como restauradora profissional já perdi as contas de quantos moveis tive o privilégio de restaurar e de quebra resgatar uma história que por vezes fica esquecida debaixo das camadas de verniz.

Quero trazer pra vocês um pouco desse universo da restauração que além de deixar nossa decoração de cara nova também contribui para a sustentabilidade do nosso planeta.

E para iniciar com o pé direito vamos ver como restaurar um criado mudo (que todo mundo tem em casa jogado em algum cantinho).

Materiais:

  • um criado mudo ( de qualquer estilo em madeira)
  • um litro de tinta esmalte a base d’agua (eu escolhi o tom amarelo canário)
  • um rolinho pequeno de espuma
  • um pincel de tamanho médio
  • lixa 150

Para começar lixe toda a superfície do criado para retirar o verniz ou pintura antiga. Isto feito, passe um paninho para remover o pó e podemos iniciar a pintura.
A pintura deve ser iniciada pelo tampo do criado. É muito simples, molhe o rolinho na tinta e estique a tinta no criado. Nos lugares menores utilize o pincel.

Três demão são suficiente e voilà: temos um criado mudo novinho e muito alegre!

criado-mudo-repaginado-blog-remobilia
Vocês devem ter percebido que dentro do criado eu colei um tecido e pintei de um azul num tom de tiffany…

Se você quiser dar uma bossa a mais por dentro das gavetas basta escolher um tecido de sua preferência e uma tinta de outra cor.

Pronto, seu móvel fica de cara nova rapidinho! Um beijinho e até o próximo post.

Aproveita pra conhecer o trabalho da Poly lá no Instagram e no Facebook também!

perfil-poly

antes-e-depois-cadeira-criado-mudo-3

Meu Criado Mudo Feito com Cadeiras

Voltando para nossa série que vai apresentar todos os detalhes que a gente criou para o nosso quarto, hoje é a fez de mostrar como duas cadeiras de ambulatório se transformaram em nossos criados mudos.

A primeira coisa é contar um pouco da história dessas cadeiras. Pois bem, aqui perto de casa existe uma loja de usados gigante, e apesar do foco deles ser a venda de móveis para escritório, lá no fundo da loja, é onde a gente sempre acha as coisas mais interessantes. Já fizemos aliás, vários achados por lá, como uma Cadeira Serie 7 – Arne Jacobsen, que foi deixada lá pra ser reformada e a pessoa nunca voltou para buscar, sem falar que a maioria das cadeiras e poltronas dessa casa são de lá mesmo.

As cadeiras em questão, tem uma história muito mais legal, já que elas faziam parte do acervo de peças do Hospital das Clínicas lá dos anos 80 e que de algum forma foi parar no meio de um galpão cheio de cadeiras de escritório, mas quando eu bati o olho nelas, já sabia que iriam ficar lindas depois de um banho de cor. Pagamos R$ 15,00 em cada uma, se não me engano, e trouxemos elas pra casa.

Demorou 4 anos para que eu voltasse a tira-las de um cantinho também empoeirado do nosso ateliê, e resolvesse que era hora delas brilharem novamente. O resultado, foi esse antes e depois, inacreditavelmente simples.antes-e-depois-cadeira-criado-mudo

Antes de iniciar a pintura, dei uma bela lixada na peça usando Lixa de ferro – Nº 60. Depois disso, passei um paninho com água ráz, para tirar todo o resíduo.

O banho de cor ficou por conta da tinta amarela brilhante da Coralit, que a gente aplicou usando nosso mais novo brinquedo preferido, a pistola pulverizadora da Wagner.

Duas demão foram suficientes para deixar as cadeirinhas lindonas, e prontas para ocupar o seu novo posto no cafofo do Remobília.

Ainda vai entrar um cestinho de fibra ali embaixo, para guardar coisinhas e quem sabe até consiga colocar uma gavetinha ali também.

A ideia de transformar a cadeira em criado mudo, veio dessas muitas inspirações que eu já tinha visto no Pinterest. Aproveita pra seguir a gente por lá também e conferir todos os nossos boards maravilhosos! Depois eu volto pra mostrar como criamos essa parede de cimento queimado, linda de viver 😉

Antes e Depois | Criado Mudo Espelhado

Se você está procurando algo diferente para dar uma cara nova para aquele criado-mudo sem graça, seus problemas se acabaram!  Olha eu aqui de novo trazendo um antes e depois super fácil de fazer e com um resultado muito bacana, pra você se inspirar.

Já faz um tempo que venho encontrando várias ideias de móveis antigos e novos espelhados, não sei dizer ainda se esta pode ser um tendência de fato ou só mais uma ideia dentre tantas outras para repaginar os móveis de forma criativa.

Mas o que importa é que o resultado é muito bacana e que fica ótimo combinado com uma pintura desgastada ou pátina provençal, desta forma as peças ganham uma leveza bem interessante no final.

Quanto ao passo a passo, a coisa toda é muito simples, não requer prática, nem tão pouco experiência, esse criado mudo que eu achei no blog White Glam vai servir de inspiração pra gente.

Depois de lixar e pintar o criado-mudo, a opção para dar um pouco mais de charme a peça, dentre tantas como tecido, washitapes e adesivo, foi os recortes de espelho, daí foi só tirar as medidas das áreas onde eles seriam aplicados, ir até o vidraceiro e pedir os cortes especiais.

Depois disso é só fixar os recortes usando essa cola aqui! Lembrando sempre se seguir todas as instruções da embalagem. Para proteger o vidro de riscos, use sempre porta-copos e objetos de decoração com proteção de feltro.

O resultado é uma peça elegante, leve e diferente.

antes-e-depois_criado_mudo_espelhado 1 antes-e-depois_criado_mudo_espelhado 2 Encontrado-em-urbanoutfitters

A mesma técnica pode ser aplicada em aparadores, guarda-roupas, mesas de centro, mesas laterais e onde mais você quiser. Não esquece de deixar o seu comentário aqui embaixo, dizendo o que você achou da ideia, isso é muito importante pra mim!

Fonte: White Glam | Urban Outfitters

perfil_patricia

DIY Passo a Passo | como montar um criado-mudo com fitas de VHS

passo a passo criado mudo vhs remobilia

Após ter herdado inúmeras fitas VHS, não tive coragem de me desfazer delas sem antes pensar em como eu poderia reaproveitá-las de uma forma diferente e que as tornasse um elemento de destaque. Foi aí que surgiu a oportunidade de unir o útil ao agradável, minha irmã estava se mudando para uma nova quitinete e queria um toque remobília no cafofo dela. PRONTO! as Fitas VHS tomaram um novo rumo, viraram criado-mudo. Confiram a gracinha que ficou. Confesso que pensei seriamente em pega-lo pra mim, pois ficou um amorzinho e o cafofo da mana ficará lindão.

Materiais:

  1. Chapa de mdf
  2. Fitas VHS
  3. tinta spray preta fosca
  4. cola quente
  5. Fita adesiva preta
  6. rodinhas

Modo de fazer:

  1.  Primeiro defini quantos nichos teriam o meu criado-mudo e qual a largura, para assim definir quantas chapas de mdf seriam necessárias. Neste caso como minha irmã queria uma mesinha mais baixa, usei 3 chapas de mdf de aproximadamente 3mm e uma de aproximadamente 6mm para reforçar a base pois receberia os parafusos das rodinhas. Pra definir largura e profundidade você precisa posicionar as fitas VHS conforme a sua vontade.
  2.  Em uma área forrada com papel para evitar bagunça  pinte as chapas de mdf com tinta spray nas faces que irão ficar expostas ( laterais e fundo) na face que eu iria colar as fitas VHS passei a tinta apenas nas extremidades para dar um acabamento.
  3.  Após a secagem das chapas, já pode iniciar a colagem das fitas VHS com cola quente. Eu fiz o teste e as fitas realmente ficaram bem fixadas na chapa, não correndo o risco de soltar.
  4.  Para colar as fitas que ficarão na lateral do criado-mudo é necessário colar bem aquela face da fita que abre, evitando que a lateral fique meio bamba.
  5.  Repita os passos até chegar no tampo do criado-mudo, onde não será necessário colar as fitas na lateral. Nesse caso eu escolhi as fitas com acabamento preto na identificação do filme, para dar mais uniformidade.
  6.  Para reforçar a peça já que minha irmã precisaria fazer a mudança e não queria correr o risco do “criadinho”ceder, passamos fita isolante preta nas emendas das peças dando mais firmeza ao móvel.
  7.  Recomendo a fixação das rodinhas antes de iniciar o empilhamento dos nichos, para não precisar ficar virando o móvel, evitando alguns danos, pois a peça é bem delicada.
  8.  Pronto! seu criado-mudo está prontinho para ser usado!
  9.  Uma outra opção para quem não quer deixar todos os nichos abertos, é encapar caixinhas que caibam nestes vãos, criando “gavetas” de inúmeros jeitos, com puxadores, coloridas, do jeito que você achar melhor.

passo a passo criado mudo vhs remobilia passo a passo criado mudo vhs remobilia passo a passo criado mudo vhs remobilia

passo a passo criado mudo vhs remobilia passo a passo criado mudo vhs remobilia

passo a passo criado mudo vhs remobilia passo a passo criado mudo vhs remobilia

Quer ver outras ideias diferentes para criados-mudos? Entra aqui, aqui e aqui também!

colaboradores_perfil_camila

Criado Mudo Alternativo e Divertido

Estava pesquisando já a algum tempo, ideias diferentes para decorar o quarto, e comecei a reparar que em muitos casos aquilo que deixava o quarto “diferente”, era a escolha por objetos não convencionais para cumprir funções contrarias as que normalmente estamos acostumados, como por exemplo paletes fazendo as vezes de cama, venezianas como cabeceiras e por ai vai.

E foi quando vi um tambor de bateria sendo usado como criado mudo, que minha cabeça explodiu e decidi que tinha que montar uma coletânea só de ideias criativas e alternativas, pra esse item tão comum em todos os quartos e que nestes casos define o usual do inusitado.

Coisas simples e que você não imaginava com uma bobina de madeira, podem dar ótimos e estilos criados-mudos, outras ideias você pode encontrar por ai escolhendo móveis diferentes ou mesmo personalizando os que você já tem. Inspire-se!