Um refúgio feito com contêiner

Como prometido, esse ano eu pretendo trazer mais projetos feitos com contêiner aqui para o blog, aproveitando para explorar um pouco mais essa nossa faceta, que é viver realmente em um cafofo alternativo.

Na verdade eu sempre estou procurando projetos de referência para postar aqui, mas pra ser bacana de verdade todo projeto precisa de uma boa história.

Essa linda casa de campo, começou a tomar forma a partir do desejo do casal Augusto Zanela e Gabriele Antenzor em criar um refúgio para a sua família, totalmente em contato com a natureza, tento como base suas próprias experiências, sendo algo que eles pudessem construir com suas próprias mão, passo a passo, sabe?

Punta del Indio, foi o lugar sugerido por alguns amigos. Um pequeno município situado no litoral da Argentina, cortado por um rio e dominado por um poderoso cenário natural, tudo o que eles buscavam no final das contas.

Depois de três anos visitando o local, eles finalmente acharam o lugar perfeito. Um terreno baldio, no final de uma rua sem saída, que terminava em um pequeno riacho, o mesmo que rodeava a cidade.

Devido a simplicidade do terreno, e o desejo de não causar nenhum impacto ambiental na área, eles logo começaram buscar soluções alternativas, com a ideia de montar um bangalô, ou até mesmo um albergue naquele lugar.

A escolha por um projeto aberto, sem regras definidas permitiu com que eles explorassem toda uma gama de disciplinas como, arquitetura, design, paisagismo e arte, de uma maneira livre e desimpedida. Reutilizar o máximo de materiais foi uma das principais regras a serem seguidas e o resultado foi esse aqui.

Projeto-Container-Casa-no-Campo-00 Projeto-Container-Casa-no-Campo-01 Projeto-Container-Casa-no-Campo-3 Projeto-Container-Casa-no-Campo-02 Projeto-Container-Casa-no-Campo-05 Projeto-Container-Casa-no-Campo-04 Projeto-Container-Casa-no-Campo-03 Projeto-Container-Casa-no-Campo-4

 

Uma casa linda, colorida e vibrante, em meio as árvores, que mistura duas linguagens bem distintas. Tudo funcionado em harmonia pra criar um lugar tudo de bom, que te convida a entrar em contato com a natureza.

Para saber um pouco mais como funciona a abertura para portas, e aplicação de isolamento termo-acústico dá uma olhada nas postagens anteriores do Projeto Container.

perfil_patricia

Chá de Casa Nova

Descobrir um novo boguinho, cheio de coisa linda pra compartilhar com vocês, faz o dia ficar ainda mais inspirado.

Meu mais novo achado é o Agora Vamos Casar. Esbarrei nele quando pesquisava algumas ideias diferentes, para reutilizar aquelas garrafas de vidro que sobraram aí na tua casa depois do natal e para a minha surpresa, encontrei algo ainda mais especial.

Eu e Vinicius,  nunca nos casamos oficialmente, apenas me mudei pra casa dele depois de 1 ano de namoro e estamos juntos desde de então, no melhor estilo juntando os panos mesmo. Ainda assim, nunca deixei de ter vontade de, ao menos um dia, fazer uma festinha entre os nossos amigos mais queridos, pra celebrar agora,  nossas quase 10 temporadas juntos.

Dar de cara com o Chá de Casa Nova da Mariana e do Bernardo, foi como ver ali tudo o que eu mais queria fazer faz um tempão, e é claro que rolou um amor imediato por todos os detalhes tão cheios de capricho e carinho para comemorar com a família a união desse casal fofo.

A Rebeca, criadora do blog, foi quem botou a mão na massa e produziu muitas das coisinhas da festa, como as garrafinhas que me trouxeram até o seu blog, bem como a cortininha de fita com pisca-pisca que fez meus olhos brilharem. O mais lindo de tudo é que todo mundo ajudou com alguma coisa e o resultado foi esse aqui ó!

Decor-De-Festa Decor-De-Festa-2Decor-De-Festa-1 Decor-De-Festa-3

Fala a verdade, não dá vontade de arranjar um motivo pra fazer uma festinha em casa pra ontem, só pra botar em prática todas essas ideias super simples, mas cheias de esmero?

Já que você já chegou até aqui aproveita pra dar uma olhada nas nossas outras ideias doa Decor de Festa! E já sabe né, se precisar de alguma ajudinha é só escrever aqui nos comentários!

perfil_patricia

Aplicando Lambe-lambe no banheiro <3

Aqui no cafofo do Remobília, a décor é um processo contínuo, onde os cantinhos vão ganhando novos detalhes conforme o tempo e o orçamento permitem. Acabamos de completar 1 ano na casa nova e ainda tem muita coisa pra ser feita, mas com toda a correria que foi pra deixar a casa pronta pra receber todo mundo no natal, acabamos deixando o primeiro andar está quase pronto desta vez. Pra acompanhar de pertinho as peripécias decorativas que rolam por aqui é só seguir a gente lá no Insta!

No meio disso tudo eu tinha que resolver o que fazer com uma série de lambe-lambes lindos que eu ganhei da LEITE-COM. Em um primeiro momento eu pensei em usá-los para decorar o muro aqui de casa, mas logo que eu abri o pacote e encarei essas lindezas, fiquei com uma dó danada de colocá-los lá fora.

Foram semanas pensando no que fazer até que veio o insight de talvez usá-los para decorar a parede branquinha do nosso banheiro. Esse espaço estava reservado em um primeiro momento para um pachtwork de azulejos, mas eu meio que nunca consegui me decidir ao certo que material usar. Dei a ideia dos lambes para o Vini, ele cortiu e dai foi só partir pra colagem!

antes-parede-do-banheiro

1. A primeira etapa foi decidir a disposição das peças, eu tinha um modelo de cada da loja então abrimos um aquivo no Illustrator e fomos combinando as peças. Mas não te preocupa, se você não manja de nenhum software pra editar as imagens, pode tentar montar no chão da sala mesmo, só precisa ter cuidado pra não rasgar, nem molhar os lambes. Eu acho muito importante você fazer esse teste visual antes, pra ter certeza que vai ficar legal, uma vez que, depois de colado, não tem como voltar atrás.
IMG_20150114_103027

2. Escolhemos uma montagem com três lambes, dois com texto e um com estampa geométrica dividida em 3 partes. Daí foi só cortar nas medidas certas para fechar a parede e montar a sequência de montagem.IMG_20150114_102927 1

3. O próximo passo foi preparar a cola. No blog da LEITE-COM, você encontra algumas sugestões de cola, eu segui a mistura que já estou acostumada a usar em outros trabalhos, com 50/50 de cola branca e água. Como minha cola estava meio embolada, misturei tudo no liquidificar e ficou assim.IMG_20150114_103254

4. Use um rolinho médio de espuma para espalhar a cola, diferente do papel de parede você não precisa passar cola no lambe também. Deixe a parede bem molhada e comece a fixá-lo, encaixe a borda bem alinhado com a parede e use uma espátula de feltro para tirar as bolhas de ar e corrigir possíveis amassados.IMG_20150114_103336 1

5. Uma coisa que eu acho que você tem que saber é que o lambe-lambe é impresso em papel jornal, e como o original não vai ficar perfeitinho na parede, então desencana e não fique bitolado com possíveis dobras e amassadinhos, por que é assim mesmo. Quando terminar você já aproveita para passar uma demão de cola sobre o lambe pra dar aquela impermeabilizada. Não pode exagerar, nem deixar escorrer.IMG_20150114_103844

6. Passe para o próximo lambe, as peças maiores demandam mais atenção para o esquadro e colagem pra não amassarem demais nem ficarem tortos. No final de tudo use a própria estátula para tirar o excesso de cola que pode ter ficado nas laterais, e por fim, use o secador de cabelo pra dar aquela acelerada na secagem. Se você tem um garotinho danado em casa, como eu, isso é muito importante pra evitar lambança, cabelos colados e cachorros grudentos.IMG_20150114_104000

O resultado final foi essa lindeza aqui, super estilosa e com uma pegada living the city que eu amei!!

depois-parede-do-banheiro depois-parede-do-banheiro2

Aproveitando que já estava tudo preparado e a gente super animado com o resultado do banheiro, montamos outro painel na cozinha que ficou ainda mais vistoso.IMG_20150113_120514IMG_20150114_105442

E ai, gostou? Se bater alguma dúvida, já sabe né? Escreve aqui nos cometários que eu te ajudo!

perfil_patricia

DIY: Ano Novo Porta Nova

Nesse finalzinho de 2014 eu corri pra conseguir fazer todas as coisas que eu queria em casa antes do natal, apliquei papel de parede na cozinha e no quarto, montei o nosso deck de paletes, o pergola de pínus e um bocadinho de outros detalhes que estavam faltando para o cafofo ficar mais com a nossa cara, pra ver tudinho entra aqui no nosso Insta!

No meio de tudo isso, uma das repaginadas mais fáceis que rolou por aqui foi transformar a porta da cozinha em uma lousa usando contact opaco. Esse nem precisa de passo a passo por que é tão simples que parece mentira, basta limpar a parede e aplicar o adesivo seguindo as instruções da embalagem, o resultado é uma lousa express super bacana, fácil de limpar e que distrai o dono da casa por várias horas.

Mas existem diversas outras coisas bacanas que você pode fazer para deixar as portas da sua casa mais descoladas e divertida, usando adesivos. Uma delas é esse papel de parede geométrico aqui, super fácil de reproduzir usando fita adesiva multi-uso, um pano limpa para tirar a poeira da porta, uma régua para medir as distâncias, um estile para fazer os cortes e acabamentos, simples assim!  O resultado é espetacular, olha só!

Ispydiy_door

Eu amei essa ideia, dá pra fazer milhares de outros padrões, usar fitas estampadas tipo washi tapes e um monte de outras possibilidades \o/

Fonte: ISPY DIY

perfil_patricia

Banquinho Remobiliado II

E cá estamos nós com mais um banquinho da série Remobília!!

Este foi salvo na casinha de lixo do meu prédio. As vezes meus vizinhos resolvem fazer uma limpa em casa e despacham alguns móveis, e eu não perco a oportunidade de resgatá-los quando possível. Tenho muito que agradecer a estes meus vizinhos desapegados hehe.

O problema deste banco pra ser abandonado é que o tampo estava com uma parte meio quebrada, fora os riscos na pintura. Resolvi que seria melhor tirar a parte quebrada e pintar o restante do tampo, pois na verdade esta era apenas uma camada de um mdf que ia por cima da madeira que fez a fixação dos pézinhos.
antes-e-depois-banquinho

Como em cada projeto há uma surpresa diferente, eis que quando tiro o mdf, o tampo debaixo estava com recortes para encaixe dos pés. Para corrigir isto precisei lixar a parte da madeira que estava mais em relevo e depois passei massa de madeira para uniformizar. Esperei até secar a massa e dei o toque final com a lixa.
antes-e-depois-banquinho-1

Só que antes de decidir nivelar o tampo eu comecei a pintar os pés do banco de vermelho sem ter retirado a tinta branca que estava embaixo, achando que seria boa ideia e vi que a coisa começou a ficar sem graça e minha criatividade estava meio restrita no dia.

Resultado: lixei o banco inteiro novamente para tirar toda a camada de tinta e comecei a pesquisar novas referências pra criatividade voltar a fluir.

Dica: sempre que for pintar seu banco de outra cor que não seja a cor que está nele, é bem interessante retirar esta camada de tinta, pois as vezes ela não segura a tinta que você resolveu passar por cima e qualquer coisa que encosta nela já descasca. Sugiro a utilização de um “raspador”comprado em loja de material de construção, para retirar a camada mais grossa de tinta, depois é só fazer o acabamento com a lixa. Fica bem mais fácil.
antes-e-depois-banquinho-2

Resolvido o problema com a tinta e a criatividade, me encantei pela madeira crua que ficou no banquinho e decidi que pintaria apenas uma parte, para dar uma cara mais diferente ( vocês sabem, não gosto de nada convencional) O tampo também foi pintada na mesma cor dos pezinhos.

Como este banco tinha um diâmetro maior, achei que ficaria um sucesso usá-lo como mesa lateral, foi isto que definiu o desenho do tampo, inspirado na estampa chevron, misturando alguns tons próximo ao laranja.

antes-e-depois-banquinho-3

Recomendo fazer a base do desenho com lápis bem fraquinho ou algum outro material que não apareça quando passar a tinta por cima. E também quando for fazer a pintura, os desenhos deverão ser marcados com fita adesiva para evitar que uma tinta fique sobreposta a outra no desenho.
antes-e-depois-banquinho-4

Finalizada a estampa, passei uma camada de verniz para segurar a tinta e evitar que risque ou manche, já que neste caso ela será usada com mesinha. Para acrescentar um diferencial, coloquei uma base MDF fazendo uma prateleirinha apoiada nos travamentos dos pés, para que o banco possa ser muito bem aproveitado.

O sucesso foi tanto que minha amiga designer Beth Mochinski aderiu a moda DIY e repaginou o mini banquinho da casa dela com uma estampa de botão, e ainda participou da montagem do ambiente para as fotos cedendo seu cafofo. antes-e-depois-banquinho-5 antes-e-depois-banquinho-6 antes-e-depois-banquinho-7

perfil-camila

Inspiração do Dia | Árvores de Natal

Este ano eu juro que estou me esforçando para não deixar tudo para última hora no quesito decoração de natal. Já comecei minha seleção de inspirações e até já juntei o material necessário para começar a botar a mão na massa.

A ideia é conseguir colocar quase tudo no lugar já nesse final de semana, afinal de contas antes no natal chegar, temos um outro evento na casa que pede ainda mais a minha atenção. O meu pequeno Arthur completa três aninhos em dezembro, e vai ganhar uma festinha com toda a pompa e fofura que só o 13º salário pode proporcionar.

Mas voltando a decoração de natal, essas aqui são algumas das minhas inspirações para a árvore de natal do cafofo remobília. A ideia é aproveitar os materiais que posso encontrar facilmente aqui perto de casa: sobras de madeira de construção e galhos de árvore do parque.

inpiracao_arvore_natal_madeira inpiracao_arvore_natal_galhos inpiracao_arvore_natal_galho

Viu quanta belezura? E o melhor de tudo, super sustentável e econômico. Essas aqui são as matérias primas que já juntei, e você pode acompanhar o passo a passo lá no Instagram! Beijocas e a gente se vê por lá!

Ah! Você encontra outras ideias bacanas para árvores de natal criativas AQUI Ó!

inpiracao_arvore_natal

perfil_patricia