Inspiração do Dia #200

Já que nos últimos tempos, a grana tá curta pra todo mundo, principalmente para se gastar em móveis e decoração, resolvi mostrar na nossa inspiração do dia de número 200, uma ideia super simples, pra você que tá precisando muito dar uma repaginada no guarda-roupa, já que comprar um novo, está fora de questão.

Na verdade, essa proposta funciona não só para o guarda-roupa, você pode usar a mesma ideia pra dar uma cara nova a qualquer coisa que você tenha em casa. Com a vantagem de poder dar um colorido novo aquele cantinho sem graça, gastando bem pouco.

Os materiais podem ser os mais diversos, você pode começar tentando reaproveitar o que você já tem em casa, como restos de tinta, retalhos de tecido, sobras de papel de parede, e por aí vai.

Começamos pelos closets, que depois de repaginados, vão dar um up na decoração do seu quarto. Aproveitando que as medidas são mais reduzidas que de uma parede, o investimento em papel de parede, pode valer a pena, e você pode criar um painel lindo como esse vermelho que a gente colocou na galeria.
Closet-Decorado-Blog-Remobilia

Usando adesivo vinílico, você pode criar geometrias, sem se preocupar com a bagunça que a tinta faz, e se você quiser trabalhar com tecido. Brincar com um patchwork será a melhor forma de economizar, já que pra isso você pode comprar várias pontas de tecidos, geralmente bem mais em conta, do que o rolo fechado.

Mas, se você tem um guarda-roupa daquelas modelos antigos, garimpado ou herdado, pode ser a chance de fazer algo mais único e manual. Capriche na lixada, use tintas acrílicas, e depois sele com verniz.

Comece aos pouquinhos, e se as tuas habilidades manuais não forem das mais perfeitas, vai de stencil mesmo. O importante é colocar a mão na massa,!  Você vai ver que, no final, mesmo que o acabamento não fique dos melhores, sempre existirá aquele gostinho de algo feito por você, e que só você tem.

Guarda-Roupa-Decorado-Blog-Remobilia 3

Fonte: 1 |  | 3 | 4 | 5 | 6 | 7

Afinal de contas, a gente não quer só economizar, a gente quer ter na nossa casa, algo com a nossa cara, e com uma bela história pra contar, mesmo que seja como você se atrapalhou toda com o papel de parede e quase se colou junto na porta, não que isso tenha acontecido comigo 😛 O importante mesmo é você se divertir, fazer desse momento, de decorar a casa, algo prazeroso, cheio de boas energias 😉

Escrivaninha Repaginada com Bobinex

2015 já chegou com a promessa de ser um ano diferente! Um dos motivos foi esta parceria com a Bobinex com o desafio de remobiliar um móvel usando um dos papéis de parede da nova coleção Natural, e claro que aceitei de braços abertos, afinal, para criatividade não existem limites.

O novo desafio agora seria: encontrar o móvel ideal para uma mudança radical. Revirando as ideias, me lembrei desta escrivaninha garimpada pela sogrinha, que até então ficava despercebido em algum canto da casa. A mesinha estava em bom estado, porém com uma parte do tampo meio lascada e com uns preguinhos a menos.
antes-escrivaninha-reformada-bobinex

A primeira coisa a fazer foi pregar os cantos que estavam soltando e nivelar o tampo com massa corrida (pode ser massa para madeira também). Espere secar de um dia para o outro e passe a lixa para dar o acabamento. Como a escrivaninha receberia uma boa dose de tinta, foi preciso lixá-la inteira para retirar o verniz existente, caso contrário corre o risco da tinta descascar ( o que já me aconteceu algumas vezes rsrs)
antes e depois escrivaninhapin pintura

Uma vez uma amiga me disse que dava pra saber por onde eu passava, pois sempre deixava alguma coisa colorida pelo caminho, isto me acompanha até hoje nos meus projetos quando consigo a partir das cores, dar uma vida nova para objetos esquecidos e comuns. Por isso as tintas escolhidas foram acrílica fosca Pantone 192C e tinta acrílica branca fosca para contrastar. Cubra com fita crepe as áreas que você pretende usar outra cor para facilitar o acabamento.
Confesso que estou apaixonada por esse papel de parede e a facilidade de manuseio. Por ele ter uma textura mais firme fica muito fácil colar e dar acabamento, sem risco do papel rasgar ou encharcar. Usei cola branca para fazer a fixação nos detalhes, mas pode ser usado também cola de madeira ou cola para papel de parede. Espalhe bem para facilitar, e vá colando o papel com um auxílio de uma espátula ou pano para não formar bolhas ( neste caso usei a espátula metálica, pois vivo de improviso, mas o ideal seria usar a plástica que é recomendada para papel de parede). As bordinhas que sobraram foram retiradas com estilete e o auxilio de uma régua metálica.

antes e depois escrivaninha colagem

As gavetas também receberam uma atenção especial e foram encapadas na parte da frente fazendo um detalhe super charmoso e na base da parte interna.
Espere secar bem a colagem do papel e a pintura para poder finalizar com verniz acrílico aplicado com um pincel bem macio para não marcar as cerdas. Este foi indicação da
vendedora da lojinha de artesanatos, que sempre me dá um reforço técnico quando me aparecem novidades remoblísticas. O bom desse verniz é que o acabamento fica meio fosco, dá uma camada de proteção e ainda dá pra passar no papel de parede sem medo de ser feliz.

antes e depois escrivaninha veniz

 Espere secar bem e a escrivaninha está pronta pra ser usada! Foi uma experiência muito boa e feita com muito carinho, afinal, cada peça feita aqui no cafofo tem sua particularidade e história para compartilhar com vocês. depois-escrivaninha-reformada-bobinexantes e depois escrivaninha detalhe 2 antes e depois escrivaninha gavetas antes e depois escrivaninha detalhe antes e depois escrivaninha tampo

Eu adorei esse trabalho lindo da Camila e principalmente da textura do papel. Aliás essa nova coleção é cheia de estampas com uma pegada rústica incrível que você tem que conferir! Pra conhecer toda a coleção maravilhosa de papéis da Bobinex e onde você pode encontrá-los, é só entrar aqui! 

E se ficou com dúvida em alguma coisa, é só escrever aqui nos comentários que a Camila pode te ajudar. Beijos!

selo-publieditorial-2014

perfil-camila

Aplicando Lambe-lambe no banheiro <3

Aqui no cafofo do Remobília, a décor é um processo contínuo, onde os cantinhos vão ganhando novos detalhes conforme o tempo e o orçamento permitem. Acabamos de completar 1 ano na casa nova e ainda tem muita coisa pra ser feita, mas com toda a correria que foi pra deixar a casa pronta pra receber todo mundo no natal, acabamos deixando o primeiro andar está quase pronto desta vez. Pra acompanhar de pertinho as peripécias decorativas que rolam por aqui é só seguir a gente lá no Insta!

No meio disso tudo eu tinha que resolver o que fazer com uma série de lambe-lambes lindos que eu ganhei da LEITE-COM. Em um primeiro momento eu pensei em usá-los para decorar o muro aqui de casa, mas logo que eu abri o pacote e encarei essas lindezas, fiquei com uma dó danada de colocá-los lá fora.

Foram semanas pensando no que fazer até que veio o insight de talvez usá-los para decorar a parede branquinha do nosso banheiro. Esse espaço estava reservado em um primeiro momento para um pachtwork de azulejos, mas eu meio que nunca consegui me decidir ao certo que material usar. Dei a ideia dos lambes para o Vini, ele cortiu e dai foi só partir pra colagem!

antes-parede-do-banheiro

1. A primeira etapa foi decidir a disposição das peças, eu tinha um modelo de cada da loja então abrimos um aquivo no Illustrator e fomos combinando as peças. Mas não te preocupa, se você não manja de nenhum software pra editar as imagens, pode tentar montar no chão da sala mesmo, só precisa ter cuidado pra não rasgar, nem molhar os lambes. Eu acho muito importante você fazer esse teste visual antes, pra ter certeza que vai ficar legal, uma vez que, depois de colado, não tem como voltar atrás.
IMG_20150114_103027

2. Escolhemos uma montagem com três lambes, dois com texto e um com estampa geométrica dividida em 3 partes. Daí foi só cortar nas medidas certas para fechar a parede e montar a sequência de montagem.IMG_20150114_102927 1

3. O próximo passo foi preparar a cola. No blog da LEITE-COM, você encontra algumas sugestões de cola, eu segui a mistura que já estou acostumada a usar em outros trabalhos, com 50/50 de cola branca e água. Como minha cola estava meio embolada, misturei tudo no liquidificar e ficou assim.IMG_20150114_103254

4. Use um rolinho médio de espuma para espalhar a cola, diferente do papel de parede você não precisa passar cola no lambe também. Deixe a parede bem molhada e comece a fixá-lo, encaixe a borda bem alinhado com a parede e use uma espátula de feltro para tirar as bolhas de ar e corrigir possíveis amassados.IMG_20150114_103336 1

5. Uma coisa que eu acho que você tem que saber é que o lambe-lambe é impresso em papel jornal, e como o original não vai ficar perfeitinho na parede, então desencana e não fique bitolado com possíveis dobras e amassadinhos, por que é assim mesmo. Quando terminar você já aproveita para passar uma demão de cola sobre o lambe pra dar aquela impermeabilizada. Não pode exagerar, nem deixar escorrer.IMG_20150114_103844

6. Passe para o próximo lambe, as peças maiores demandam mais atenção para o esquadro e colagem pra não amassarem demais nem ficarem tortos. No final de tudo use a própria estátula para tirar o excesso de cola que pode ter ficado nas laterais, e por fim, use o secador de cabelo pra dar aquela acelerada na secagem. Se você tem um garotinho danado em casa, como eu, isso é muito importante pra evitar lambança, cabelos colados e cachorros grudentos.IMG_20150114_104000

O resultado final foi essa lindeza aqui, super estilosa e com uma pegada living the city que eu amei!!

depois-parede-do-banheiro depois-parede-do-banheiro2

Aproveitando que já estava tudo preparado e a gente super animado com o resultado do banheiro, montamos outro painel na cozinha que ficou ainda mais vistoso.IMG_20150113_120514IMG_20150114_105442

E ai, gostou? Se bater alguma dúvida, já sabe né? Escreve aqui nos cometários que eu te ajudo!

perfil_patricia

Minha Cozinha Com Papel de Parede

É no final do ano que todo mundo dedica um pouco do seu tempo e da grana do 13º salário para dar uma reformada rápida na casa para as festas de final de ano, certo? Mas olha só, somente na minha rua, são 5 casas que devem ser concluídas até o final do ano, então essa grana extra serve igualmente para dar um gás na finalização da casa.

Aqui no cafofo a grana está curta, mas está aberta a temporada de reformas rápidas idem. Começamos dando uma renovada nas paredes da cozinha e do quarto com um papel de parede florido laranja lindão, da Coleção Grafismos da Bobinex, assinada pelo Marcelo Rosenbaum, assim como o que usamos na sala. Minha paixão por essa coleção é história antiga, então não vou repetir, se você quiser ver todo o passo a passo para aplicar o papel, dá uma olhada no antes e depois do nosso home-office.

Eu adorei o resultado, a cozinha ficou cheia de energia e com aquela pitada retrô que eu amo em qualquer cantinho da casa, mas que na cozinha cai como uma luva. Usamos 1 rolo para fechar a nossa parede e ainda sobrou bastante, então decidimos usar o mesmo modelo no quarto, que eu vou mostrar depois.

Ante-e-Depois-Cozinha-Cafofo-Remobilia-1 Ante-e-Depois-Cozinha-Cafofo-Remobilia Ante-e-Depois-Cozinha-Cafofo-Remobilia-3

Sentiu a vibração? Minha dica é que se você quiser dar uma repaginada rápida em alguma parede da sua casa, aposte no papel de parede, ele não é tão difícil de aplicar como parece. Basta seguir as instruções direitinho e fazer as coisas com calma.

Ah! Esqueci de dizer que já estou correndo atrás de dar uma repaginada na porta da cozinha também, e finalmente meu cantinho lousa vai sair do papel.

perfil_patricia

Inspiração do Dia #160

Eu tenho uma paixão nada secreta por tudo que envolve patchwork e o reaproveitamento de sobras de madeira na decoração. Sabendo disso, vocês devem imaginar como a minha cabeça explodiu quando dei de cara com esse cantinho maravilhosos, cheio de remobílias e com uma parede toda trabalhada com ripas de madeira decoradas, ora com pintura, ora com sobras de papel de parede.

Gostei tanto desse negócio que já quero mais que tudo fazer algo assim, para reaproveitar as sobras de madeira que meu vizinho acaba de descartar no terreno de frente a minha casa. A ideia é usar isso para dar uma repaginada no meu muro enquanto a trepadeira não cobre ele por inteiro.

inspiracao-do-dia-parede-decorada-3

inspiracao-do-dia-parede-decorada-4

O resultado é um cantinho cheio de charme, com uma pegada meio cottage, meio upcycling que eu adoro!! Já que tenho certeza como o papel de parede vai reagir na área externa, vou buscar outras técnicas para decorar as ripas, um pouco de pintura, um pouco de silk talvez, mas a ideia é que ele fique desse jeitinho.

inspiracao-do-dia-parede-decorada inspiracao-do-dia-parede-decorada-2

Pra você curtiu a ideia, saiba que se não tiver a mão sobras de papel de parede para trabalhar, você pode fazer a mesma colagem usando retalhos de tecido que também vai ficar bem legal, mas só se for usar em área interna.

Eu achei essa belezura no Blog Junk Gypsy que logo vai ganhar um outro post por aqui já que elas são craques em criar cafofo super remobílias.

perfil_patricia

Cafofo Remobília #24

cafofo-remobilia-colorido

Não sei se já falei pra vocês, mas um dos estilos de decoração que mais me apetece é o chamado KitschMarcado pelo exagero de elementos, cores e um grande mashup de vários estilos em um mesmo ambiente. Nele o boho encontra o escandinavo, que se confunde com o vintage e por aí vai, tudo junto e misturado!

Pra mim parece um conceito perfeito para alguém que não tem um estilo definido, ela apenas gosta um pouco de cada coisa, e quando todos essas coisas são misturadas em um mesmo ambiente, ele reflete claramente a sua personalidade, mutante e cheia de referências. Alguns podem até achar brega essa mistureba toda, eu pelo contrário, acho lindo!

Embora o termo kitsch, tenha origem alemã é na decoração latina que eu consigo ver mais claramente esses elementos. E é no blog Casa Chaucha que você vai encontrar a maior concentração de cafofos kitsch EVER!!

Já citei esse blog argentino maravilhoso em outros posts e cafofos que publiquei aqui no blog, mas não me canso de ser surpreendida, toda vez que resolvo dar uma olhadinha por lá. Dessa vez eu me encantei pelo cafofo da Sol e da Romina, que fica no bairro Coghlan em Buenos Aires.

Como as duas tem personalidades e gostos diferentes o estilo levemente kitsch é um encanto. Com direito a escada colorida, bandeirola na bancada da cozinha, graffiti no muro do terraço e muitos móveis antigos repaginados, olha só.

cafofo remobilia colorido 3

cafofo remobilia colorido 1 cafofo remobilia colorido 2 cafofo-remobilia-colorido-3

O importante aqui é se sentir em casa, com muito conforto e alegria. Do que mais a gente precisa?

perfil patricia