Papel de Parede Autocolante é o material perfeito para o seu DIY

Papel de parede é uma maneira fácil e rápida de decorar com criatividade, renovando qualquer ambiente, mas isso você já sabe, não é?!

O grande problema desse material sempre foi a questão da aplicação, que nunca foi lá muito fácil de executar, sempre exigindo mão de obra especializada, mas isso não é mais problema, já que agora existe no mercado uma solução inovadora, de fácil e rápida aplicação, o papel de parede autocolante!! Ele dispensa o uso de cola e a contratação de profissionais especializados, diminuindo os custos e agilizando a decoração da sua casa.

Continue reading…

Minha Casa, Meu Container | Quartos

Depois de mostrar como nosso cafofo é por fora, e de te dar um gostinho de como ele é por dentro, chegou a hora de revelar o melhor lugar da casa, ou ao menos, aquele em que a gente passa a maior parte do tempo, mesmo que só dormindo. 😜

Há bem pouco tempo, a família Remobília dividia o mesmo quarto, apertados mas ainda sim felizes, já que quando nos mudamos, somente o térreo estava “finalizado”. A abertura para a escada e a montagem do nosso quarto junto do terraço, no primeiro andar, ficou para uma outra hora, quando o momento e a grana fossem propícios.

Levou um tempinho, cerca de 2 anos, pra isso acontecer, mas como vocês já devem ter visto em postagens anteriores, finalmente temos um cantinho só nosso, e o Arthur tem agora muito mais espaço para as suas traquinagens, em um quarto só dele também.

As coisas demoraram um pouquinho a mais do que o esperado, sobretudo pelo desafio de achar um modelo de escada com um preço acessível, que ocupasse pouco espaço, e não comprometesse a circulação em nenhum dos ambiente.

Depois de muito pesquisar, acabamos escolhendo uma Santos Dumont de madeira que veio do Paraná, com um preço muito mais em conta do que qualquer um dos modelos encontrados aqui em São Paulo.

Assim sendo, sem comprometer o espaço do ambiente com a escada, foi possível criar vários cantinhos especiais para o Arthur brincar.

Cama e guarda-roupa já eram uma coisa só, daquele jeitinho que mostramos para você nesse post aqui. Agora o cantinho para os brinquedos e a mesinha de atividade é bem maior que antes e de sobra deu pra criar um espaço pra desenhar, com adesivo de lousa, e um cantinho de leitura, aproveitando a área embaixo da escada.

Minha-casa-Meu-Container-Blog-Remobilia-Quartos

No banheiro pouca coisa mudou, além da cuba que agora não é mais aquela de fuxico, mas sim uma outra saladeira colorida com tinta spray 😃

SAMSUNG CAMERA PICTURES

Enfim, chegou a hora de mostrar todos os detalhes no nosso quarto recém finalizado.

Pra quem segue a gente lá no Instagram a montagem do nosso quarto começou logo no finalzinho do ano. Todo o passo a passo da montagem com drywall, assentamento de piso e pintura, demorou cerca de 1 mês e meio para ficar pronto, contando que no caminho eu quebrei meu braço, e as coisas andaram um pouco mais devagar até eu me recuperar.

SAMSUNG CAMERA PICTURES

Quanto a decoração, depois que eu instalei cortinas azuis, cheias de passarinhos, na nossa sala, o Vinícius viu que ele tinha perdido completamente o controle do frufru por aqui, então eu prometi que no quarto poderíamos trabalhar com uma paleta mais “Homens da Casa”, assim a combinação de vermelho, amarelo e turquesa deu lugar a uma paleta de amarelo, cinza e preto.

Como vocês já devem ter percebido, nesse quarto não tem guarda-roupa. No lugar dele, um aparador e uma estante do Meu Móvel de Madeira, fazem esse papel, assim, além de lindos, eles ocupam pouquíssimo espaço, o mais importante de tudo por aqui, pra completar, dentro da cama baú nós guardamos roupas de cama e cobertores.

Mas o detalhe que mais amo nessa parte da casa, além da moldura cabeceira adesivada você viu como fazer aqui, é dupla de cadeirinhas de lata que eu reformei, com passo a passo, e transforme em criado-mudo.

SAMSUNG CAMERA PICTURES

Pois bem, depois de ver tudo o que a gente fez em tão poucos metros quadrados, resta dizer quanto nós gastamos com tudo no final das contas. Então aí vai uma listinha pra vocês, contando nossos maiores gastos para chegar no que hoje é o nosso sobradinho amado.

Térreo (home office, sala, cozinha, quarto e banheiro)

  • Drywall: R$ 3,500.
  • Piso, revestimentos e assentamento: R$ 1,800
  • Hidráulica: R$ 600,00
  • Elétrica: R$ 600,00
  • Pintura: R$ 1.200,00
  • Acabamento Portas e janelas: R$ 750,00

Total: R$ 8.450,00

Primeiro Andar (quarto casal)

  • Drywall: R$ 2.300,00
  • Piso e assentamento: R$ 700,00
  • Elétrica: R$ 300,00
  • Pintura: R$150,00
  • Vidros: R$ 350,00
  • Escada R$ 1.600,00.
  • Guarda-Corpo R$ 600,00

Total: R$ 6.000,00

Terraço

  • Estrutura: R$ 1.300,00
  • Painel Wall Eternit: R$ 1.500,00

Total: R$ 2.800,00

Sendo assim somando os R$ 17,000 da estrutura com os aproximadamente R$ R$ 17,300.00 de acabamento, nós gastamos aproximadamente R$ 34,250,00 para montar o nosso sobradinho. Lembrando que muita coisa foi a gente mesmo que fez, como montagem de drywall, elétrica, hidráulica e pintura, por exemplo. Isso fez com que o gasto com mão de obra fosse bem mais baixo do que seria normalmente. Além de que muitas coisas foram compradas em demolidoras, ao invés de lojas de construção, como portas e janelas.

No momento estamos trabalhando em uma proposta voltada justamente pra quem quer se aventurar nesse negócio de casa contêiner, mas não sabe nem por onde começar, vamos mostrar o caminho das pedras, pontos negativos, pontos positivos e tudo que você precisa saber antes de botar a mão na massa. Logo eu volto com novas notícias sobre o assunto pra vocês, Beijos! 😘

Inspiração do Dia #200

Já que nos últimos tempos, a grana tá curta pra todo mundo, principalmente para se gastar em móveis e decoração, resolvi mostrar na nossa inspiração do dia de número 200, uma ideia super simples, pra você que tá precisando muito dar uma repaginada no guarda-roupa, já que comprar um novo, está fora de questão.

Na verdade, essa proposta funciona não só para o guarda-roupa, você pode usar a mesma ideia pra dar uma cara nova a qualquer coisa que você tenha em casa. Com a vantagem de poder dar um colorido novo aquele cantinho sem graça, gastando bem pouco.

Os materiais podem ser os mais diversos, você pode começar tentando reaproveitar o que você já tem em casa, como restos de tinta, retalhos de tecido, sobras de papel de parede, e por aí vai.

Começamos pelos closets, que depois de repaginados, vão dar um up na decoração do seu quarto. Aproveitando que as medidas são mais reduzidas que de uma parede, o investimento em papel de parede, pode valer a pena, e você pode criar um painel lindo como esse vermelho que a gente colocou na galeria.
Closet-Decorado-Blog-Remobilia

Usando adesivo vinílico, você pode criar geometrias, sem se preocupar com a bagunça que a tinta faz, e se você quiser trabalhar com tecido. Brincar com um patchwork será a melhor forma de economizar, já que pra isso você pode comprar várias pontas de tecidos, geralmente bem mais em conta, do que o rolo fechado.

Mas, se você tem um guarda-roupa daquelas modelos antigos, garimpado ou herdado, pode ser a chance de fazer algo mais único e manual. Capriche na lixada, use tintas acrílicas, e depois sele com verniz.

Comece aos pouquinhos, e se as tuas habilidades manuais não forem das mais perfeitas, vai de stencil mesmo. O importante é colocar a mão na massa,!  Você vai ver que, no final, mesmo que o acabamento não fique dos melhores, sempre existirá aquele gostinho de algo feito por você, e que só você tem.

Guarda-Roupa-Decorado-Blog-Remobilia 3

Fonte: 1 |  | 3 | 4 | 5 | 6 | 7

Afinal de contas, a gente não quer só economizar, a gente quer ter na nossa casa, algo com a nossa cara, e com uma bela história pra contar, mesmo que seja como você se atrapalhou toda com o papel de parede e quase se colou junto na porta, não que isso tenha acontecido comigo 😛 O importante mesmo é você se divertir, fazer desse momento, de decorar a casa, algo prazeroso, cheio de boas energias 😉

Inspiração do Dia #195

Como tem muita gente que não segue a gente  no Instagram, sei lá por que, resolvi mostrar como foi a transformação do meu caixotinho de feira, na mesinha de apoio, que você viu lá no antes e depois, da cabeceira da minha sogra.

Esse caixotinho estava aqui em casa já faz um tempinho, você viu ele aqui antes, e até bem pouco tempo atrás ele era uma floreiraComo eu estava procurando alguma coisa que eu pudesse transformar em mesinha de cabeceira sem muito trabalho, ele me pareceu perfeito para o trabalho.

Enquanto floreira ele ficou a mercê da chuva e da umidade das plantas, então a madeira acabou criando alguns pontos de bolor, pesquisei na internet e vi que poderia dar um jeito nisso lavando a peça com cloro e deixando ela secar completamente. Deu certo, demorou 1 semana, mas pela ficou como nova!

Pintei então o caixotinho com a amostra de tinta Ouro Monarca que ganhei da Coral, e decorei o fundo dele com o mesmo tecido adesivo DECO ART que ia aplicar na parede da cabeceira. Pra finalizar e deixar tudo mais charmoso, um conjuntinho de pés palito ♥

sapateira-de-caixote-blog-remobilia

Fiquei tão apaixonada pela peça no final que bateu até uma dorzinha de amor deixar ela lá na minha sogra, mas não tem problema por que posso visitá-la sempre que sentir saudades 😛

perfil_patricia

Da Caçamba para a Decor do Cafofo

Depois de uma semana cheia de eventos e fortes emoções, voltei pra esse bloguinho que é só amor, e muita remobília da casa ultimamente. Antes disso, só a título de nota, tô fazendo um curso mara de decoração prática no Senac Santa Cecília!! É isso mesmo, as resoluções para 2016 já estão sendo colocas em prática e logo conto mais sobre essa nova investida minha.

Agora voltando ao assunto, logo que nos mudamos pra casa nova, haviam várias outras casas no condomínio sendo construídas/reformadas, pra ser franco ainda há, mas o lance era que sempre tinha uma caçamba em alguma esquina cheia de entulho e de possibilidades também. Em uma delas o Vinicius achou certa vez, uma porta tipo veneziana e trouxe pra casa pra ver o que poderíamos fazer com ela.

Pensei em muitas coisas, como fazer um painel nos fundos da casa e pendurar algumas plantinhas, mas nunca cheguei a colocar a ideia em prática. Outra possibilidade era usá-la como tampo de mesa, junto dos cavaletes que agora estão dando sopa depois que troquei a mesa do home office. Pra isso nem precisava fazer nada e teríamos uma ótima mesa para os dias de piquenique e churrasco no quintal.

Foi então que outra coisa mais “urgente” entrou na pauta. Dei uma repaginada no quarto e um dos nichos que ficava com livros, saiu de cena depois que transferi os livros para o home office, achei então que um cabide era o que eu precisava para ocupar aquele cantinho, mas tinha que ser um que não ocupasse espaço…e olha só, a tal porta veneziana voltou a ter a sua chance de fazer parte do cafofo.

Lembrei de uma ideia, que vi no Pinterest, super simples que transformava uma dessas em um painel organizador de cozinha, com a inspiração na mão parti pra repaginada.

Resolvi deixar um lado da peça original e só pintar o outro, pra coisa ficar mais interessante fiz um corte diagonal com fita blue tape, que apesar da superfície da porta ser irregular até que funcionou muito bem. Pintei uma primeira camada de tinta branca , depois fiz 3 camadas de tinta amarela.

antes-e-depois-porta-veneziana

O pulo do gato, como diria meu pai, foi usar esses ganchinhos S que se encaixaram com perfeição no vão da porta, assim posso usar toda a extensão da peça sem me preocupar com o peso das coisas que vou pendurar.

antes-e-depois-porta-veneziana3

No final a peça ficou assim… estou pensando em fazer uma prancha com rodinhas para colocar sapatos na parte de baixo, mas ainda não me decidi.antes-e-depois-porta-veneziana4 antes-e-depois-porta-veneziana5

Ela está fixada na parede com fita fixa forte. Postei todo o passo a passo lá no instagram, muita gente achou que eu iria fazer um jardim vertical, posso dizer que não é uma ideia fora de questão. Em breve pretendemos finalizar o segundo andar do cafofo, e é bem provável que volte a usar o meu outro cabide, já que teremos mais espaço, então acho que o jardim vertical pode virar realidade.

Montei uma galeria lá no Pinterest com outras inspiração para quem tem uma peça como esta em casa e não sabe direto o que fazer com ela, super vale o clique! Beijos! E não esquece de me dizer o que você achou da minha invenção 🙂

perfil_patricia

Inspiração do Dia – Outubro Rosa

Essa semana chegou aqui em casa um kit super lindo da 3M promovendo a campanha da Fundação Laço Rosa que no Outubro Rosa desenvolve vários projetos para conscientizar as mulheres sobre a importância do diagnostico precoce do câncer de mama, você pode saber um pouco mais sobre o projeto aqui ó! 

Aproveitando essa onda rosa, resolvi trazer para cá um post que foi publicado no mês de abril no blog da Enjoy, um dos outros lugares onde você pode encontrar conteúdo Remobília quinzenalmente!  Nele eu  mostro como o cinza também pode ser uma cor interessante pra você decorar a casa, sobretudo combinado com rosa!

IMG_1271a640-600x900

Quando pensamos nas infinitas possibilidades para pintar as paredes da nossa casa, ou combinar acessórios decorativos, dificilmente pensamos no cinza como uma cor bacana para se escolher. Isso acontece por que quase sempre associamos o cinza a dias nublados, tristes e chuvosos, mas o cinza é muito mais do que isso.

O cinza como base de combinação é uma belezura, todas as cores ficam bem acompanhadas de cinza. Diferentemente do verão em que as cores se combinam com um fundo branco, colorido e vibrante, no outono e no inverno é o cinza que harmoniza essas cores, com a elegância que só ele é capaz. Aliás, pra mim, a cor mais elegante que existe é definitivamente o cinza.

Na coleção outono/inverno da Enjoy o cinza é a cor chave, hora trabalhado e tons mais quentes acompanhado de uma paleta marcante, hora compondo looks mais sóbrio e minimalistas. Separei hoje, um quarto lindo, que demostra exatamente como o cinza pode ser uma cor muito interessante de se trabalhar na decoração.

Nele as paredes e até o teto foram pintadas de cinza, que ganha contraste um o rosa, que aparece em quadros, objetos e na roupa de cama. A ligação do rosa com o cinza é quedescontrai o ambiente e impede que ele fique sombrio e sem vida.

A mistura de estampas orgânicas e geométricas, além de outros tons que se sobressaem na estante de livros, é que fazem tudo ficar ainda mais interessante. Aposto que você não imaginou que um quarto cinza pudesse ser tão agradável, certo? Até eu que sou apaixonada por um cantinho hiper colorido, suspirei de amor quando dei de cara com ele.

CoralBedroomDetails1-600x1400

CoralBedroomDetails1-1-600x422

Espero que este postinho de hoje tenha te inspirado =)

Fonte: Making it Lovelyperfil_patricia