Desmontando-Lumnária-de-Fusca-4

Hackendo uma Luminária de Fusca

Certa vez desmontei e montei esta luminária que é com lanterna de fusca, o produto já existe e foi comprado exatamente assim. Estava na casa de uma amiga, e eu como uma ótima curiosa resolvi desmontar para montar.

Assim que bati o olho na peça, foi amor a primeira vista e logo em seguida veio a curiosidade. Mas como prenderam a lanterna? Que coisa linda!!!

Às vezes, sou uma pessoa que precisa ver com as mãos, então resolvi matar a curiosidade e entender o mecanismo, e manuseá-la de todas as formas.

Continue reading…

hostel-paradise-blog-remobilia

Meu Sonho Hipster de Hospedaria

Adoro dar uma espiada nos cafofos lindos que o blog Casa Aberta sempre posta. Lá a gente encontra muito do que defendemos aqui no Remobília. Casas possíveis, com identidade e estilo que expressam, na sua decoração, o carinho que os seus donos têm por cada cantinho.

Na minha última espiada por lá acabei descobrindo o Paradiso Hostel. Um lugar que como muitos hostels, tem uma pegada toda de improviso na decoração, com muito garimpo, achadinhos e combinações muito loucas.

Mas o melhor de tudo foi descobrir que, escondidinha lá no fundo do casarão, existia uma legítima caravan, toda linda, e pronta pra receber os hospedes de alma mais hipster do mundo!

Continue reading…

decor-de-casamento-blog-remobilia-2

Casório com Decoração Hipster do Amor!!

Embora eu e o Vinicius já estarmos juntos a umas 11 temporadas, a gente nunca casou oficialmente, com papel passado festa e pompa, sabe?! E apesar de dispensar a pomba e o papel passado, sempre gostei da ideia da festa (adoro uma festa), sobretudo depois de já ter postado e visto tanta ideia linda, com coisinhas simples e cheias de amor, exatamente como essas aqui do casamento da Laura e do Felix, que agora eu compartilho com vocês. Continue reading…

antes-e-depois-criado-mudo-Blog-Remobilia-Polly-Mota-Atelie-2

Antes e Depois | Criado Mudo

Foi com muita alegria que recebi o convite para ser colaboradora desse florido, alegre e  divertido blog.

Bom, claro que por ser nova por aqui se faz necessária uma apresentação, senta que lá vem textão…, não péra vai ser rápido!

Meu nome é Polyana Mota, formada em Direito, natural de Brasília (mas morando há 11 anos em Marília /SP ). Sou restauradora de móveis e costumo dizer que a restauração de móveis me escolheu por que eu jamais vi como profissão e sim como hobby…

Um belo dia o hobby virou profissão, que virou felicidade estampada no rosto e que quando eu me dei conta já tinha me virado do avesso e mudado completamente minha vida!

Claro que o Direito ficou pra trás e minha vida foi pintada com milhares de cores diferentes.

Hoje, depois de mais ou menos quatro anos trabalhando como restauradora profissional já perdi as contas de quantos moveis tive o privilégio de restaurar e de quebra resgatar uma história que por vezes fica esquecida debaixo das camadas de verniz.

Quero trazer pra vocês um pouco desse universo da restauração que além de deixar nossa decoração de cara nova também contribui para a sustentabilidade do nosso planeta.

E para iniciar com o pé direito vamos ver como restaurar um criado mudo (que todo mundo tem em casa jogado em algum cantinho).

Materiais:

  • um criado mudo ( de qualquer estilo em madeira)
  • um litro de tinta esmalte a base d’agua (eu escolhi o tom amarelo canário)
  • um rolinho pequeno de espuma
  • um pincel de tamanho médio
  • lixa 150

Para começar lixe toda a superfície do criado para retirar o verniz ou pintura antiga. Isto feito, passe um paninho para remover o pó e podemos iniciar a pintura.
A pintura deve ser iniciada pelo tampo do criado. É muito simples, molhe o rolinho na tinta e estique a tinta no criado. Nos lugares menores utilize o pincel.

Três demão são suficiente e voilà: temos um criado mudo novinho e muito alegre!

criado-mudo-repaginado-blog-remobilia
Vocês devem ter percebido que dentro do criado eu colei um tecido e pintei de um azul num tom de tiffany…

Se você quiser dar uma bossa a mais por dentro das gavetas basta escolher um tecido de sua preferência e uma tinta de outra cor.

Pronto, seu móvel fica de cara nova rapidinho! Um beijinho e até o próximo post.

Aproveita pra conhecer o trabalho da Poly lá no Instagram e no Facebook também!

perfil-poly

antes-e-depois-baú-1

Transformando um Baú Com Bobinex

Depois do sucesso da escrivaninha antiga que ganhou cara nova com uma boa demão de tinta colorida e aplicação do papel de parede da linha Natural da Bobinex, adorei utilizar essa técnica e busquei mais projetos para criar.
Encontramos então no quartinho da casa da sogrinha (sério, esse quartinho tem inúmeros materiais remobilísticos) uma caixa de madeira, daquelas de guardar jogo de pratos e louças. Ela já havia feito umas alterações com pintura e usou ele como baú no quarto dos filhos.. Mas a ideia era dar uma nova função a esta caixa de acordo com as necessidades atuais da casa.
Reformulando o layout da suíte dela, apareceu a ideia de usar esse baú como puff de apoio para a área onde está o Closet, e claro como um reforço pra guardar as baguncinhas.
Primeiro precisei lixar toda a parte que receberia a tinta branca, pra não correr o risco de descascar com o tempo. Tive o auxílio de uma ferramenta tipo uma espátula que facilita a retirada da tinta. Onde eu aplicaria o papel de parede, dei uma leve lixada apenas para garantir a fixação com a cola.
Revesti o baú inteiro por dentro com o papel de parede, e na parte externa aproveitei a emenda das peças para gerar os detalhes em branco. Neste projeto utilizei um pincel da Tigre para acabamentos de canto que eu suuuper recomendo! Ele espalha a tinta muito bem e agiliza a pintura.
E lógico que eu teria que colocar uma cor (mas claro né!) e como este puff fica no mesmo ambiente que a mesinha repaginada anteriormente, optei por alguns detalhes em rosa para criar uma harmonia.

antes-e-depois-baú

Finalizada esta parte, fomos atrás da espuma para fazer o puff, e a capa branca ficou por conta da sogrinha ( sou um desastre com costura). ela montou como se fosse capa de travesseiro com aquela abertura pra facilitar a retirada da espuma para poder lavar o tecido.
Uma dica é costurar um velcro nas extremidade da almofada e colar algumas na tampa do baú, assim evita a espuma ficar escorregando quando você senta.
Para finalizar, colocamos rodinhas que suportem o peso de uma pessoa sentada para facilitar o manuseio do puff. antes-e-depois-baú_2

Amei o resultado em dose dupla dessa parceria com a Bobinex, onde com materiais simples conseguimos criar peças totalmente repaginadas e cheias de estilo. Agradeço muito a confiança e o carinho. E agora, qual será o próximo desafio??

perfil-camila

Antes-e-Depois-Escrivaninha

Escrivaninha Repaginada com Bobinex

2015 já chegou com a promessa de ser um ano diferente! Um dos motivos foi esta parceria com a Bobinex com o desafio de remobiliar um móvel usando um dos papéis de parede da nova coleção Natural, e claro que aceitei de braços abertos, afinal, para criatividade não existem limites.

O novo desafio agora seria: encontrar o móvel ideal para uma mudança radical. Revirando as ideias, me lembrei desta escrivaninha garimpada pela sogrinha, que até então ficava despercebido em algum canto da casa. A mesinha estava em bom estado, porém com uma parte do tampo meio lascada e com uns preguinhos a menos.
antes-escrivaninha-reformada-bobinex

A primeira coisa a fazer foi pregar os cantos que estavam soltando e nivelar o tampo com massa corrida (pode ser massa para madeira também). Espere secar de um dia para o outro e passe a lixa para dar o acabamento. Como a escrivaninha receberia uma boa dose de tinta, foi preciso lixá-la inteira para retirar o verniz existente, caso contrário corre o risco da tinta descascar ( o que já me aconteceu algumas vezes rsrs)
antes e depois escrivaninhapin pintura

Uma vez uma amiga me disse que dava pra saber por onde eu passava, pois sempre deixava alguma coisa colorida pelo caminho, isto me acompanha até hoje nos meus projetos quando consigo a partir das cores, dar uma vida nova para objetos esquecidos e comuns. Por isso as tintas escolhidas foram acrílica fosca Pantone 192C e tinta acrílica branca fosca para contrastar. Cubra com fita crepe as áreas que você pretende usar outra cor para facilitar o acabamento.
Confesso que estou apaixonada por esse papel de parede e a facilidade de manuseio. Por ele ter uma textura mais firme fica muito fácil colar e dar acabamento, sem risco do papel rasgar ou encharcar. Usei cola branca para fazer a fixação nos detalhes, mas pode ser usado também cola de madeira ou cola para papel de parede. Espalhe bem para facilitar, e vá colando o papel com um auxílio de uma espátula ou pano para não formar bolhas ( neste caso usei a espátula metálica, pois vivo de improviso, mas o ideal seria usar a plástica que é recomendada para papel de parede). As bordinhas que sobraram foram retiradas com estilete e o auxilio de uma régua metálica.

antes e depois escrivaninha colagem

As gavetas também receberam uma atenção especial e foram encapadas na parte da frente fazendo um detalhe super charmoso e na base da parte interna.
Espere secar bem a colagem do papel e a pintura para poder finalizar com verniz acrílico aplicado com um pincel bem macio para não marcar as cerdas. Este foi indicação da
vendedora da lojinha de artesanatos, que sempre me dá um reforço técnico quando me aparecem novidades remoblísticas. O bom desse verniz é que o acabamento fica meio fosco, dá uma camada de proteção e ainda dá pra passar no papel de parede sem medo de ser feliz.

antes e depois escrivaninha veniz

 Espere secar bem e a escrivaninha está pronta pra ser usada! Foi uma experiência muito boa e feita com muito carinho, afinal, cada peça feita aqui no cafofo tem sua particularidade e história para compartilhar com vocês. depois-escrivaninha-reformada-bobinexantes e depois escrivaninha detalhe 2 antes e depois escrivaninha gavetas antes e depois escrivaninha detalhe antes e depois escrivaninha tampo

Eu adorei esse trabalho lindo da Camila e principalmente da textura do papel. Aliás essa nova coleção é cheia de estampas com uma pegada rústica incrível que você tem que conferir! Pra conhecer toda a coleção maravilhosa de papéis da Bobinex e onde você pode encontrá-los, é só entrar aqui! 

E se ficou com dúvida em alguma coisa, é só escrever aqui nos comentários que a Camila pode te ajudar. Beijos!

selo-publieditorial-2014

perfil-camila

Inspiração do Dia #161

Borboleteando pelos meus blogs preferidos, dei de cara com uma mesinha que era a cara do Remobília no Decorviva! da Vivi Visentin, que aliás, tive o prazer de conhecer pessoalmente na semana passada, mas vou falar mais sobre este encontro maravilhoso em um outro post até final da semana.

Pois bem, todo mundo aqui adora um pé palito certo? Mas a gente sabe que eles são tão fáceis de se achar quanto os quase míticos caixotinhos de feira,  e perfeitos também para dar aquela repaginada em alguma peça da casa de um jeitinho retrô e especial. Daí entra a solução mais criativa de todos os tempos: que tal usar rolinhos de massa no lugar dos pés palito, criando assim um móvel super criativo e muito divertido?

Logo que bati o olho nessa peça, lembrei de várias outras ideias bacanérrimas, onde você pode usar os rolos de massa de forma alternativa para decorar a sua casa. Seja como pezinhos palito criativos, ou uma versão upcycled de cabideiro, ou ainda um suporte para livro que você pode usar na cozinha, ou mesmo até um rolo carimbo para decorar tecidos, papéis e a parede também, o que você acha?

inspiracao-do-dia-rolinho-de-massa

As opções são tão infinitas quanto a sua criatividade pode ser, então mãos a obra e bora começar a enxergar todo o potencial criativo que existe em tudo a nossa volta?

Fontes: Decorviva! Pinterest | Etsy | Homedit | CheltenhamRoad

perfil_patricia

Cafofo Remobília #27

É sempre um prazer encontrar cafofos lindos e coloridos, onde a dona da casa tem um perfil tão parecido com o nosso, que você já quer saber tudo sobre ela de cara.

Foi exatamente isso que aconteceu comigo quando dei de cara com esse apê multicolorido da designer Mariana Iacia, que fica em um prédio antigo no limite de Ipanema.

Já pra mostrar que ela não estava de brincadeira, logo quando você entra no cafofo, dá de cara com um armário vermelho lindo, arrematado junto com outros móveis antigos, através de um amigo arquiteto que estava decorando a casa de uma senhora pronta a se desfazer de toda a mobília. A Mariana não pensou duas vezes, foi lá arrematou tudo e mandou laquear no atelier Lá Na Ladeira.

O resultado é que além do armário, vários outros móveis alegram a casa em uma mistura linda de cores vibrantes, estampas retrôs e psicodélicas.cafofo-remobilia13

 

cafofo-remobilia-mariana-2 cafofo-remobilia-mariana-3 cafofo-remobilia-mariana-4

Além dos móveis arrematados, o atelier Lá Na Ladeira garimpou outras peças especiais e exclusivas para o apartamento, como o aparador amarelo com pés palito que decora a parede central da sala e o sofá Luiz XV, que compõe a mesa de jantar junto com outras cadeiras maravilhosas.

Para todos aqueles que amam cores e móveis retrôs esse cafofo é a prova de que dá pra equilibrar as duas coisas e conseguir criar um espaço original e cheio de personalidade. Uma dica importante é que ao se escolher colorir a casa através dos móveis, a Mariana optou por manter as paredes da casa claras em quase todos os ambientes, isso é muito importante para dar o contraste necessário entre as peças e o ambiente como um todo.

Essas fotos lindas são obra do estúdio Rio Etc, que você já deve conhecer de outros cafofos que compartilhamos por aqui aqui.

Fontes: Lá Na Ladeira | Rio Etc

perfil_patricia