Remobília na Revista da Cidade – Como Restaurar Móveis usando Tecido e Adesivos

Mais uma vez fui convidada para participar do programa Revista da Cidade e dessa vez eu mostrei, ao vivo, como dar uma revitalizada e restaurar os móveis de casa usando tecido e adesivo, daquele jeitinho simples e prático que a gente adora, inspirada pelo antes e depois que a gente fez no gaveteiro da Politorno.

Continue reading…

01-galeria-vertical-3

Novos Detalhes Coloridos na Sala do Cafofo

o finalzinho ano passado fiz uma série de postagens mostrando todos os detalhes do nosso cafofo. Apesar de já morarmos por aqui à mais de 3 anos, foi só mesmo então que eu senti que a casa estava mais do jeitinho que eu queria, se você não viu, clica aqui! 

Porém, as coisas por aqui  estão sempre estão mudando, novos detalhes foram sendo acrescentados, como o nosso terraço que ganhou um vídeo de passo a passo completo. Assim, eu achei que seria uma boa mostrar um pouquinho como as coisas estão agora. Mudar é sempre bom, e são os pequenos novos detalhes que tornam essa dinâmica de mudança na casa fácil e pratica de aplicar.

Continue reading…

Quando o Gaveteiro Basiquinho Vira Uma Cômoda Retrô Linda!

Um dias desses assisti um vídeo, já não me lembro mais aonde, que meio que definia o conceito DIY como a arte de fazer algo barato parecer caro. Simplesmente adorei essa definição.

Por que é isso mesmo que a gente faz, no momento que a gente se depara com um móvel, ou um objeto de decoração que nos faz encher os olhos, a primeira coisa que passa na nossa cabeça é, “Quero esse negócio na minha casa agora!!” Mas daí a gente vê o preço e a segunda coisa que a gente pensa é “Será que eu consigo fazer algo assim pela metade do preço?” Mas é claro que dá!

Se eu sonho com um papel de parede na entrada da minha casa, mas não tenho grana pra isso, resolvo o assunto com papel de presente e cola branca, ué. Se o que eu quero é ter uma sala de cinema em casa, faço minha versão com paletes e assunto encerrado. Quero uma casa de revista, mas ela tem que caber  no orçamento de dois designers, façamos a casa com contêineres marítimos!

Continue reading…

Desmontando-Lumnária-de-Fusca-4

Hackendo uma Luminária de Fusca

Certa vez desmontei e montei esta luminária que é com lanterna de fusca, o produto já existe e foi comprado exatamente assim. Estava na casa de uma amiga, e eu como uma ótima curiosa resolvi desmontar para montar.

Assim que bati o olho na peça, foi amor a primeira vista e logo em seguida veio a curiosidade. Mas como prenderam a lanterna? Que coisa linda!!!

Às vezes, sou uma pessoa que precisa ver com as mãos, então resolvi matar a curiosidade e entender o mecanismo, e manuseá-la de todas as formas.

Continue reading…

hostel-paradise-blog-remobilia

Meu Sonho Hipster de Hospedaria

Adoro dar uma espiada nos cafofos lindos que o blog Casa Aberta sempre posta. Lá a gente encontra muito do que defendemos aqui no Remobília. Casas possíveis, com identidade e estilo que expressam, na sua decoração, o carinho que os seus donos têm por cada cantinho.

Na minha última espiada por lá acabei descobrindo o Paradiso Hostel. Um lugar que como muitos hostels, tem uma pegada toda de improviso na decoração, com muito garimpo, achadinhos e combinações muito loucas.

Mas o melhor de tudo foi descobrir que, escondidinha lá no fundo do casarão, existia uma legítima caravan, toda linda, e pronta pra receber os hospedes de alma mais hipster do mundo!

Continue reading…

decor-de-casamento-blog-remobilia-2

Casório com Decoração Hipster do Amor!!

Embora eu e o Vinicius já estarmos juntos a umas 11 temporadas, a gente nunca casou oficialmente, com papel passado festa e pompa, sabe?! E apesar de dispensar a pomba e o papel passado, sempre gostei da ideia da festa (adoro uma festa), sobretudo depois de já ter postado e visto tanta ideia linda, com coisinhas simples e cheias de amor, exatamente como essas aqui do casamento da Laura e do Felix, que agora eu compartilho com vocês. Continue reading…

antes-e-depois-criado-mudo-Blog-Remobilia-Polly-Mota-Atelie-2

Antes e Depois | Criado Mudo

Foi com muita alegria que recebi o convite para ser colaboradora desse florido, alegre e  divertido blog.

Bom, claro que por ser nova por aqui se faz necessária uma apresentação, senta que lá vem textão…, não péra vai ser rápido!

Meu nome é Polyana Mota, formada em Direito, natural de Brasília (mas morando há 11 anos em Marília /SP ). Sou restauradora de móveis e costumo dizer que a restauração de móveis me escolheu por que eu jamais vi como profissão e sim como hobby…

Um belo dia o hobby virou profissão, que virou felicidade estampada no rosto e que quando eu me dei conta já tinha me virado do avesso e mudado completamente minha vida!

Claro que o Direito ficou pra trás e minha vida foi pintada com milhares de cores diferentes.

Hoje, depois de mais ou menos quatro anos trabalhando como restauradora profissional já perdi as contas de quantos moveis tive o privilégio de restaurar e de quebra resgatar uma história que por vezes fica esquecida debaixo das camadas de verniz.

Quero trazer pra vocês um pouco desse universo da restauração que além de deixar nossa decoração de cara nova também contribui para a sustentabilidade do nosso planeta.

E para iniciar com o pé direito vamos ver como restaurar um criado mudo (que todo mundo tem em casa jogado em algum cantinho).

Materiais:

  • um criado mudo ( de qualquer estilo em madeira)
  • um litro de tinta esmalte a base d’agua (eu escolhi o tom amarelo canário)
  • um rolinho pequeno de espuma
  • um pincel de tamanho médio
  • lixa 150

Para começar lixe toda a superfície do criado para retirar o verniz ou pintura antiga. Isto feito, passe um paninho para remover o pó e podemos iniciar a pintura.
A pintura deve ser iniciada pelo tampo do criado. É muito simples, molhe o rolinho na tinta e estique a tinta no criado. Nos lugares menores utilize o pincel.

Três demão são suficiente e voilà: temos um criado mudo novinho e muito alegre!

criado-mudo-repaginado-blog-remobilia
Vocês devem ter percebido que dentro do criado eu colei um tecido e pintei de um azul num tom de tiffany…

Se você quiser dar uma bossa a mais por dentro das gavetas basta escolher um tecido de sua preferência e uma tinta de outra cor.

Pronto, seu móvel fica de cara nova rapidinho! Um beijinho e até o próximo post.

Aproveita pra conhecer o trabalho da Poly lá no Instagram e no Facebook também!

perfil-poly

antes-e-depois-baú-1

Transformando um Baú Com Bobinex

Depois do sucesso da escrivaninha antiga que ganhou cara nova com uma boa demão de tinta colorida e aplicação do papel de parede da linha Natural da Bobinex, adorei utilizar essa técnica e busquei mais projetos para criar.
Encontramos então no quartinho da casa da sogrinha (sério, esse quartinho tem inúmeros materiais remobilísticos) uma caixa de madeira, daquelas de guardar jogo de pratos e louças. Ela já havia feito umas alterações com pintura e usou ele como baú no quarto dos filhos.. Mas a ideia era dar uma nova função a esta caixa de acordo com as necessidades atuais da casa.
Reformulando o layout da suíte dela, apareceu a ideia de usar esse baú como puff de apoio para a área onde está o Closet, e claro como um reforço pra guardar as baguncinhas.
Primeiro precisei lixar toda a parte que receberia a tinta branca, pra não correr o risco de descascar com o tempo. Tive o auxílio de uma ferramenta tipo uma espátula que facilita a retirada da tinta. Onde eu aplicaria o papel de parede, dei uma leve lixada apenas para garantir a fixação com a cola.
Revesti o baú inteiro por dentro com o papel de parede, e na parte externa aproveitei a emenda das peças para gerar os detalhes em branco. Neste projeto utilizei um pincel da Tigre para acabamentos de canto que eu suuuper recomendo! Ele espalha a tinta muito bem e agiliza a pintura.
E lógico que eu teria que colocar uma cor (mas claro né!) e como este puff fica no mesmo ambiente que a mesinha repaginada anteriormente, optei por alguns detalhes em rosa para criar uma harmonia.

antes-e-depois-baú

Finalizada esta parte, fomos atrás da espuma para fazer o puff, e a capa branca ficou por conta da sogrinha ( sou um desastre com costura). ela montou como se fosse capa de travesseiro com aquela abertura pra facilitar a retirada da espuma para poder lavar o tecido.
Uma dica é costurar um velcro nas extremidade da almofada e colar algumas na tampa do baú, assim evita a espuma ficar escorregando quando você senta.
Para finalizar, colocamos rodinhas que suportem o peso de uma pessoa sentada para facilitar o manuseio do puff. antes-e-depois-baú_2

Amei o resultado em dose dupla dessa parceria com a Bobinex, onde com materiais simples conseguimos criar peças totalmente repaginadas e cheias de estilo. Agradeço muito a confiança e o carinho. E agora, qual será o próximo desafio??

perfil-camila