criado-mudo-repaginado-cafofo-306-blog-remobilia-3

Criado Repaginado Cafofo 306 com Sacada de Casa

E depois de um tempo sumida, cá estou eu novamente com mais uma arte do cafofo 306. A cada novo projeto me surpreendo mais com os resultados e como é possível sim reaproveitar aquele móvel velhinho, apagado, que para alguns não tem mais serventia, mas para nós grandes criativos, é uma mina de ouro.

O móvel de hoje foi encontrado na rua e veio para o lugar certo! Eu estava mesmo precisando fazer uma mini penteadeira no quarto aqui no cafofo e queria dar uma super repaginada nele para surpreender e compor junto com o guarda roupa que também ficou de cara nova. Para quem não viu, confere no link aqui!!

Continue reading…

materia-cafofo-remobilia-revista-da-cidade-2

Falando sobre o Cafofo e o Conceito Upcycling

Quando criei esse blog lá atrás, junto do senhor da gambiara Vinicius Yagui, nunca me imaginei dando entrevistas, aparecendo na TV, muito menos duas vezes em um mesmo mês, mas foi exatamente isso que aconteceu, em tem sido maravilhoso!

Especialmente por que essa é uma ótima maneira de divulgar o conceito do blog e quem sabe ajudar mais gente a realizar o sonho da casa perfeita, que cabe no bolso e que é cheia de personalidade, mas também é uma forma de promover o meu trabalho e dar uma sacudidela em alguns projetos que eu tenho aqui empacados, como as Oficinas Criativas Remobília, que já deveriam ter saído do papel faz um tempão.

Continue reading…

Inspiração do Dia #161

Borboleteando pelos meus blogs preferidos, dei de cara com uma mesinha que era a cara do Remobília no Decorviva! da Vivi Visentin, que aliás, tive o prazer de conhecer pessoalmente na semana passada, mas vou falar mais sobre este encontro maravilhoso em um outro post até final da semana.

Pois bem, todo mundo aqui adora um pé palito certo? Mas a gente sabe que eles são tão fáceis de se achar quanto os quase míticos caixotinhos de feira,  e perfeitos também para dar aquela repaginada em alguma peça da casa de um jeitinho retrô e especial. Daí entra a solução mais criativa de todos os tempos: que tal usar rolinhos de massa no lugar dos pés palito, criando assim um móvel super criativo e muito divertido?

Logo que bati o olho nessa peça, lembrei de várias outras ideias bacanérrimas, onde você pode usar os rolos de massa de forma alternativa para decorar a sua casa. Seja como pezinhos palito criativos, ou uma versão upcycled de cabideiro, ou ainda um suporte para livro que você pode usar na cozinha, ou mesmo até um rolo carimbo para decorar tecidos, papéis e a parede também, o que você acha?

inspiracao-do-dia-rolinho-de-massa

As opções são tão infinitas quanto a sua criatividade pode ser, então mãos a obra e bora começar a enxergar todo o potencial criativo que existe em tudo a nossa volta?

Fontes: Decorviva! Pinterest | Etsy | Homedit | CheltenhamRoad

perfil_patricia

DIY Passo a Passo | como montar um criado-mudo com fitas de VHS

passo a passo criado mudo vhs remobilia

Após ter herdado inúmeras fitas VHS, não tive coragem de me desfazer delas sem antes pensar em como eu poderia reaproveitá-las de uma forma diferente e que as tornasse um elemento de destaque. Foi aí que surgiu a oportunidade de unir o útil ao agradável, minha irmã estava se mudando para uma nova quitinete e queria um toque remobília no cafofo dela. PRONTO! as Fitas VHS tomaram um novo rumo, viraram criado-mudo. Confiram a gracinha que ficou. Confesso que pensei seriamente em pega-lo pra mim, pois ficou um amorzinho e o cafofo da mana ficará lindão.

Materiais:

  1. Chapa de mdf
  2. Fitas VHS
  3. tinta spray preta fosca
  4. cola quente
  5. Fita adesiva preta
  6. rodinhas

Modo de fazer:

  1.  Primeiro defini quantos nichos teriam o meu criado-mudo e qual a largura, para assim definir quantas chapas de mdf seriam necessárias. Neste caso como minha irmã queria uma mesinha mais baixa, usei 3 chapas de mdf de aproximadamente 3mm e uma de aproximadamente 6mm para reforçar a base pois receberia os parafusos das rodinhas. Pra definir largura e profundidade você precisa posicionar as fitas VHS conforme a sua vontade.
  2.  Em uma área forrada com papel para evitar bagunça  pinte as chapas de mdf com tinta spray nas faces que irão ficar expostas ( laterais e fundo) na face que eu iria colar as fitas VHS passei a tinta apenas nas extremidades para dar um acabamento.
  3.  Após a secagem das chapas, já pode iniciar a colagem das fitas VHS com cola quente. Eu fiz o teste e as fitas realmente ficaram bem fixadas na chapa, não correndo o risco de soltar.
  4.  Para colar as fitas que ficarão na lateral do criado-mudo é necessário colar bem aquela face da fita que abre, evitando que a lateral fique meio bamba.
  5.  Repita os passos até chegar no tampo do criado-mudo, onde não será necessário colar as fitas na lateral. Nesse caso eu escolhi as fitas com acabamento preto na identificação do filme, para dar mais uniformidade.
  6.  Para reforçar a peça já que minha irmã precisaria fazer a mudança e não queria correr o risco do “criadinho”ceder, passamos fita isolante preta nas emendas das peças dando mais firmeza ao móvel.
  7.  Recomendo a fixação das rodinhas antes de iniciar o empilhamento dos nichos, para não precisar ficar virando o móvel, evitando alguns danos, pois a peça é bem delicada.
  8.  Pronto! seu criado-mudo está prontinho para ser usado!
  9.  Uma outra opção para quem não quer deixar todos os nichos abertos, é encapar caixinhas que caibam nestes vãos, criando “gavetas” de inúmeros jeitos, com puxadores, coloridas, do jeito que você achar melhor.

passo a passo criado mudo vhs remobilia passo a passo criado mudo vhs remobilia passo a passo criado mudo vhs remobilia

passo a passo criado mudo vhs remobilia passo a passo criado mudo vhs remobilia

passo a passo criado mudo vhs remobilia passo a passo criado mudo vhs remobilia

Quer ver outras ideias diferentes para criados-mudos? Entra aqui, aqui e aqui também!

colaboradores_perfil_camila

Inspiração do Dia #127

inspiração-do-dia-#128

A primeira vez que me deparei com esse trabalho do designer de produtos belga Sep Verboom levei um tempinho para perceber do que eram feitas as cúpulas das luminárias da série intitulada Fantasized.

Daí quando eu me toquei que eram grades de ventilados, é claro que eu pirei na batatinha. Corri logo atrás para saber mais sobre o processo criativo das peças e descobri que tudo começou com um desafio proposto pela ativista política e ambientalista Nida Cabrera, que consistia em desenvolver produtos utilizando os resíduos encontrados em Cebu, nas Filipinas.

Desafio aceito, Sep fez as malas e rumou em direção as Filipinas. Lá descobriu que o problema com resíduos era bem maior do que ele havia imaginado.

Depois de um tempo pesquisando, conhecendo melhor a cultura da região e os seus resíduos, ele resolveu aproveitar a mão de obra já conhecida em tecelagem que eles possuíam e transformar grades de ventilador compradas nos chamados junkshops em lindas luminárias com alto valor agregado. O resultado final é maravilhoso, na minha opinião, ainda mais quando você conhece história toda.

Fantasized-Lamp-FAN-1Visitar design-milk 2

Fantasized-Lamp-FAN-3-600x600

Fantasized-Lamp-FAN-4-600x600
Fantasized-Lamp-FAN-9-junk-600x800
Fantasized-Lamp-FAN-10-workers-600x800
Fantasized-Lamp-FAN-7-600x450

Fantasized-Lamp-FAN-13-kit-600x398 Fantasized-Lamp-FAN-6-all-600x300

Uma fã comentou ontem no blog que nada é lixo e não consegui parar de pensar como isso é verdade. Nada é completamente descartável se você treinar os seus olhos para perceber todas as possibilidades que qualquer objeto oferece para ser trabalhado, transformado e recriado.

Até a próxima.

perfil patricia

Antes e Depois: A geladeira que virou armário.

antes e depois_geladeira armário
Aqui onde eu moro tem um antiquário maravilhoso bem pertinho da gente, sempre dou uma passada por lá pra garimpar alguma coisa, e toda vez é a mesma coisa, quando eu bato o olho naquelas geladeiras antigas  fico boba, adoraria ter uma delas aqui em casa, mas o problema é que o custo para recuperar e deixar uma geladeira antiga funcional é bem salgado.

Nesse antiquário eles fazem a restauração do modelo que você escolher e te entregam ela “novinha”, linda e maravilhosa, pela bagatela de R$3,500 sei que tem outros lugares que cobram ainda mais por esse trabalho, mas pra mim não dá.

Contudo, todavia e no entanto acabei descobrindo que essa não é a única maneira de ter uma geladeira retrô como parte da decoração do meu cafofo.

Outra coisa que dá pra fazer sem gastar muito é transformar a geladeira em um armário super estiloso.

A Thalita do blog Casa de Colorir fez um passo a passo super fácil, mostrando como você pode botar a mão na massa e reformar sozinho uma geladeira antiga.

Para isso ela apenas usou lixa, tinta spray e tecido adesivo, alguns cuidados são necessários, como fazer todo o processo de reparo em um ambiente arejado,  no mais é só preciso disposição.

Olha que bacana o antes e depois.
Geladeira decora2

Uma bela transformação não é mesmo? Pra mim o mais bacana é a combinação das cores, turquesa e cereja ficam lindo juntos!

Achei tudo de bom também a ideia nesse home-office, publicado na revista Casa e Jardim  onde a geladeira vermelha linda de viver, é usada como arquivo.

Via casa-e-jardim

E nesse quarto aqui as geladeiras retrôs são usadas como guarda-roupa e sapateira, pena não ter achado nenhuma foto delas abertas, vou ficar devendo essa.

Visitar casachaucha2

Ah! também dá pra transformar a geladeira em bar, olha que coisa linda que ficou esse aqui.

decorecriativo

E aí de qual ideia vocês gostaram mais? Conta pra mim aqui nos comentários eu vou adorar!

fundadores_perfil_patricia

 

Reciclando Revistas Com Estilo!

Reciclar revistas já é uma prática bem conhecida dos brasileiros, em qualquer feirinha de domingo é possível encontrar peças de artesanato feitas a partir de milhares de folhas de Caras, Casa Cláudia, Ana Maria e tantas outras.

Eu mesmo já fiz muita coisa de revista nas oficinas de artesanato que minha mãe me inscrevia, de sabonete a topiaria já fiz de tudo um pouco.

Mas tenho que confessar que nunca gostei muito de nada feito de reaproveitamento de revista.

Até que pesquisando por decoração alternativa no Pinterest finalmente vi algumas coisas que me apeteceram a criatividade.

Particularmente gosto mais quando ela é usada em sua forma original e transformada em banquetas ou  bases de mesas.

Mas com o aprimoramento de várias técnicas acabei achando várias peças decorativas e utilitárias feitas a partir de revistas que não deixam a desejar em nada em design e acabamento.

Aqui vai minha galeria de inspirações para você dar um jeito de uma vez por todas  nessa pilha de revistas sem uso que você tem aí em casa!

Curtiu? Então não deixe de comentar!!